1 Acú­mu­lo de emo­ções

Ana Maria - - COMPORTAME­NTO -

Quan­tas ve­zes vo­cê já guar­dou rai­va, má­goa ou ou­tros sen­ti­men­tos? Is­so atra­pa­lha o nos­so fun­ci­o­na­men­to, prin­ci­pal­men­te por­que re­for­ça a ideia de que a men­te fi­ca “se­pa­ra­da” do cor­po. Mas, no fun­do, so­mos uma coi­sa só! Por is­so é pre­ci­so fi­car aten­ta aos si­nais e sen­tir as coi­sas ver­da­dei­ra­men­te – não ape­nas ten­tar ig­no­rá-las. Até por­que, quan­do um sen­ti­men­to é guar­da­do por mui­to tem­po, a ten­dên­cia é re­tor­nar mais for­te ou tra­zer con­sequên­ci­as ruins no fu­tu­ro, co­mo an­si­e­da­de ou do­en­ças psi­cos­so­má­ti­cas.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.