Des­fru­te o do­ce sa­bor da vi­da

Ana Maria - - MENSAGEM DA KARLINHA - KAR­LA PRECIOSO Leia ou­tras men­sa­gens da Kar­li­nha em: ana­ma­ria.uol.com.br

Não são os en­ga­nos que nos le­vam à ruí­na, mas o cons­tan­te pe­sar so­bre eles...

De­sa­fie tu­do que é con­ven­ci­o­nal. Acres­cen­te al­go de ex­tra­va­gan­te e di­ver­ti­do ao seu co­ti­di­a­no. As­sim, além de afas­tar o es­tres­se, pe­que­nos abor­re­ci­men­tos vão pa­re­cer me­nos ir­ri­tan­tes e pre­o­cu­pan­tes. Fa­ça as pa­zes con­si­go e jo­gue fo­ra o ran­cor. Se­ja to­le­ran­te com os seus er­ros, acei­te su­as im­per­fei­ções. Não são os en­ga­nos que nos le­vam à ruí­na, mas o cons­tan­te pe­sar so­bre eles. Quan­do al­go não sair exa­ta­men­te co­mo vo­cê pla­ne­jou, si­ga adi­an­te, sem so­fri­men­to.

To­das nós so­mos ca­pa­zes de nos mol­dar às cir­cuns­tân­ci­as da vi­da. Quan­do res­pi­ra­mos fun­do e re­la­xa­mos, as con­quis­tas che­gam mais ra­pi­da­men­te até nós. Por is­so, car­re­gue con­si­go bons sen­ti­men­tos, co­mo com­pai­xão, pa­ci­ên­cia, fé, es­pe­ran­ça e to­le­rân­cia. Não se ir­ri­te à toa. Fa­le de ale­gria e amor. Mas vá com cal­ma: não cor­ra a pon­to de es­que­cer on­de es­te­ve e aon­de vai. Afi­nal, vi­ver não é uma cor­ri­da in­ces­san­te, mas um pas­seio que de­ve ser des­fru­ta­do pas­so a pas­so. Boa se­ma­na e fi­que com Deus.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.