USE AS FASES DA Lua A SEU FA­VOR

Sai­ba co­mo o as­tro po­de dar um em­pur­rão­zi­nho em seus pro­je­tos e apro­vei­te o me­lhor de ca­da pe­río­do

Ana Maria - - BEM-ESTAR - Ana Bar­del­la

Sen­do o as­tro mais pró­xi­mo da Ter­ra, a Lua fas­ci­na o ho­mem des­de que o mun­do é mun­do. Por cau­sa dis­so, há mi­lê­ni­os tem si­do es­tu­da­da a sua capacidade de afe­tar a vi­da e a na­tu­re­za. Sa­be-se que seu mo­vi­men­to gra­vi­ta­ci­o­nal du­ra 28 di­as e in­flu­en­cia di­re­ta­men­te no com­por­ta­men­to dos oce­a­nos e ma­rés. Maí­na Mel­lo, as­tró­lo­ga

e au­to­ra do li­vro Efei­to Li­lith (Edi­to­ra Tor­de­si­lhas, R$ 25,90) ex­pli­ca que ela tam­bém exer­ce po­der so­bre o com­por­ta­men­to hu­ma­no. “En­ten­der o que ca­da fa­se re­pre­sen­ta é fun­da­men­tal pa­ra o de­sen­vol­vi­men­to do nos­so po­ten­ci­al”, ex­pli­ca. A se­guir, ve­ja co­mo as fases po­dem fa­vo­re­cer di­fe­ren­tes ati­vi­da­des no dia a dia:

LUA NO­VA

São os pri­mei­ros se­te di­as do ci­clo. Uma fa­se de se­me­a­du­ra, ide­al pa­ra ali­nhar as in­ten­ções. Co­mo a Lua vai res­sur­gin­do aos pou­cos no céu, o de­sen­vol­vi­men­to se dá no pla­no in­te­ri­or, co­mo uma se­men­te que co­me­ça a ger­mi­nar ain­da de­bai­xo da ter­ra. Apro­vei­te pa­ra pla­ne­jar, ad­qui­rir au­to­co­nhe­ci­men­to, reu­nir in­for­ma­ções e re­fle­tir so­bre os seus po­ten­ci­ais e os re­cur­sos dis­po­ní­veis pa­ra al­can­çar seus ob­je­ti­vos.

LUA CRES­CEN­TE

É qu­an­do a plan­ti­nha co­me­ça a bro­tar e su­as raí­zes se apro­fun­dam. O pe­río­do é di­nâ­mi­co, ide­al pa­ra ini­ci­ar pro­je­tos e in­ves­tir re­cur­sos. Ela tam­bém pe­de mo­vi­men­to: é pre­ci­so sair de ca­sa, tro­car idei­as, mar­car en­con­tros e fa­zer reu­niões.

LUA CHEIA

Qu­an­do a plan­ta ama­du­re­ce. A ener­gia é pro­pí­cia pa­ra ex­pres­sar su­as in­ten­ções pa­ra o mun­do, apre­sen­tar tra­ba­lhos e em­pre­en­di­men­tos. Nes­sa fa­se, os re­sul­ta­dos

apa­re­cem e fru­ti­fi­cam. Os afe­tos tor­nam-se mais

ex­pres­si­vos e o as­tral é mais ex­tro­ver­ti­do. Por is­so,

apro­vei­te pa­ra mar­car even­tos so­ci­ais, reu­nin­do

ami­gos e fa­mi­li­a­res.

LUA MINGUANTE

No úl­ti­mo quar­to, os di­as re­fle­tem ca­da vez me­nos a luz so­lar – e nos­sa dis­po­si­ção tam­bém di­mi­nui. Con­for­me nos vol­ta­mos pa­ra den­tro, va­mos fi­na­li­zan­do o pro­ces­so ini­ci­a­do pe­la Lua No­va. É nes­sa fa­se que fa­ze­mos uma lim­pe­za emo­ci­o­nal e de­ci­di­mos o que va­mos

le­var pa­ra o pró­xi­mo ci­clo ou não. Ide­al pa­ra nos in­te­ri­o­ri­zar­mos, nos pre­pa­ran­do pa­ra um

no­vo co­me­ço.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.