“Na ho­ra de lim­par a ca­sa, sem­pre fi­co em dú­vi­da por onde co­me­çar...”

Ana Maria - - PERGUNTE AO ESPECIALIS­TA -

Co­me­ce sem­pre pe­los úl­ti­mos cô­mo­dos da ca­sa. Des­sa for­ma, evi­ta-se a mo­vi­men­ta­ção pe­los am­bi­en­tes que já fo­ram lim­pos. Além dis­so, a lim­pe­za de­ve ser ini­ci­a­da de ci­ma pa­ra bai­xo: te­to (lus­tres, lâm­pa­das e en­fei­tes); pa­re­des (lu­mi­ná­ri­as, pra­te­lei­ras, qua­dros); mó­veis (ca­mas, so­fás, ar­má­ri­os, me­sas); chão. Nes­se úl­ti­mo, é recomendáv­el re­mo­ver o pó an­tes de pas­sar o pa­no úmi­do ou mo­lha­do, pa­ra que a su­jei­ra não gru­de. Ou­tra di­ca é uti­li­zar o mop, um es­fre­gão que não le­van­ta a po­ei­ra – o que po­de ocor­rer ao re­cor­rer à vas­sou­ra. E não dei­xe de lim­par os can­tos que pas­sam des­per­ce­bi­dos.

GET NINJAS, pla­ta­for­ma de con­tra­ta­ção de ser­vi­ços.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.