A tro­ca do em­bai­xa­dor dos EUA por 15 pre­sos po­lí­ti­cos no Bra­sil

HÁ 50 ANOS, UM GRU­PO DE JO­VENS LIBERTOU PRE­SOS PO­LÍ­TI­COS TROCANDO-OS POR UM RE­FÉM DE LU­XO: O EM­BAI­XA­DOR DOS EUA

Aventuras na Historia - - SUMÁRIO - POR ALE­XAN­DRE CARVALHO

Com o rap­to do em­bai­xa­dor, que­re­mos mos­trar que é pos­sí­vel ven­cer a di­ta­du­ra e a ex­plo­ra­ção. Apa­re­ce­re­mos on­de o ini­mi­go me­nos nos es­pe­ra e de­sa­pa­re­ce­re­mos em se­gui­da, des­gas­tan­do a di­ta­du­ra.” Há exa­tos 50 anos, a car­ta es­cri­ta pe­lo jor­na­lis­ta Fran­klin Mar­tins ofi­ci­a­li­za­va um ve­xa­me pa­ra a di­ta­du­ra: um gru­po de es­tu­dan­tes ha­via se­ques­tra­do o em­bai­xa­dor dos Es­ta­dos Uni­dos. Ain­da tra­zia as exi­gên­ci­as dos se­ques­tra­do­res pa­ra não ma­tar o ame­ri­ca­no Char­les El­brick: que a men­sa­gem fos­se di­vul­ga­da na TV, no rá­dio e nos jor­nais, e que a di­ta­du­ra li­ber­tas­se 15 pre­sos po­lí­ti­cos (13 de­les na fo­to), en­vi­an­do-os pa­ra o Mé­xi­co, de on­de par­ti­ri­am pa­ra o exí­lio. En­tre eles, lí­de­res es­tu­dan­tis, um sin­di­ca­lis­ta, mi­li­tan­tes de gru­pos opo­si­to­res ao re­gi­me e uma úni­ca mu­lher (do MR-8). Te­men­do uma tra­gé­dia di­plo­má­ti­ca com o país mais po­de­ro­so do mun­do, os mi­li­ta­res não qui­se­ram ar­ris­car: aten­de­ram ime­di­a­ta­men­te às du­as exi­gên­ci­as.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.