HO­JE NA HIS­TÓ­RIA

Aventuras na Historia - - SUMÁRIO -

Acon­te­ceu em ou­tu­bro

1

1553

Mary Tu­dor assume co­mo rai­nha da In­gla­ter­ra. Fi­lha de Hen­ri­que VIII, ela ten­tou res­tau­rar o ca­to­li­cis­mo vi­o­len­ta­men­te. O que ren­deu a ela a al­cu­nha de Blo­ody Mary, “Ma­ria San­gui­no­len­ta”.

2 1869

Nas­ce Mohan­das Ka­ram­chand Gandhi. Mais co­nhe­ci­do co­mo Mahat­ma Gandhi, é con­si­de­ra­do o pai da Ín­dia por ter liderado um mo­vi­men­to na­ci­o­na­lis­ta con­tra o con­tro­le bri­tâ­ni­co.

3 1959

A ri­no­ce­ron­te Ca­ca­re­co re­ce­be cer­ca de 100 mil vo­tos nas elei­ções pa­ra o car­go de ve­re­a­dor em São Pau­lo. Foi a fi­gu­ra mais vo­ta­da en­tre os 540 can­di­da­tos pa­ra as 45 va­gas na Câ­ma­ra.

4 1501

Ao ex­plo­rar a cos­ta bra­si­lei­ra, o na­ve­ga­dor flo­ren­ti­no Amé­ri­co Ves­pú­cio des­co­bre o rio cha­ma­do pe­los ín­di­os de Opa­rá (“rio-mar” em tu­pi-gua­ra­ni) e o ba­ti­za de São Fran­cis­co.

5 1988

Pro­mul­ga­da a no­va cons­ti­tui­ção no Bra­sil. Ain­da ho­je em vi­gor, pre­via elei­ções di­re­tas pa­ra pre­si­den­te, go­ver­na­do­res, se­na­do­res, de­pu­ta­dos, pre­fei­tos e ve­re­a­do­res.

6 23

O im­pe­ra­dor chi­nês Wang Mang, da di­nas­tia Xin, é mor­to e de­ca­pi­ta­do por re­bel­des dois di­as de­pois que a ci­da­de de Chan­gan foi in­va­di­da e sa­que­a­da, du­ran­te re­be­lião de cam­po­ne­ses.

7 1571

Uma fro­ta his­pa­no-ve­ne­zi­a­na de 208 na­vi­os ven­ce a es­qua­dra tur­ca na Ba­ta­lha de Le­pan­to, ao lon­go do Pe­lo­po­ne­so ori­en­tal. Um ano an­tes, os oto­ma­nos ha­vi­am in­va­di­do Chi­pre e to­ma­do Ve­ne­za.

8 314

Li­cí­nio, im­pe­ra­dor ro­ma­no no Ori­en­te, é der­ro­ta­do por Cons­tan­ti­no, im­pe­ra­dor do Oci­den­te, na Ba­ta­lha de Cí­ba­las. A ri­xa en­tre eles ter­mi­na­ria com a execução de Li­cí­nio, em 325.

9 1967

O re­vo­lu­ci­o­ná­rio so­ci­a­lis­ta Che Gu­e­va­ra é mor­to aos 39 anos pe­lo exér­ci­to bo­li­vi­a­no em co­la­bo­ra­ção com a CIA. Pela mor­te pre­co­ce, con­ver­teu-se em he­rói do an­ti-im­pe­ri­a­lis­mo e da re­vo­lu­ção.

10

1780

Acon­te­ce o Gran­de Fu­ra­cão do Ca­ri­be, tam­bém no­me­a­do de

São Ca­lis­to II. A tra­gé­dia ma­tou mais de 27.500 pes­so­as, tor­nan­do-se o fu­ra­cão atlân­ti­co mais mor­tí­fe­ro já re­gis­tra­do.

11

1905

Lan­ça­da a pri­mei­ra re­vis­ta em qua­dri­nhos de­di­ca­da ao pú­bli­co in­fan­til do país, O Ti­co-ti­co. Ela du­rou 56 anos, fa­zen­do uma fe­liz mis­tu­ra de edu­ca­ção, hu­mor e entretenim­ento.

12

1822

Dom Pe­dro I é pro­cla­ma­do Im­pe­ra­dor do Bra­sil – dia em que tam­bém com­ple­ta­va 24 anos. A co­ro­a­ção se da­ria em de­zem­bro do mes­mo ano. E ab­di­ca­ria em 1931 pa­ra vol­tar a Por­tu­gal.

13

54

O im­pe­ra­dor ro­ma­no Cláu­dio é en­ve­ne­na­do pos­si­vel­men­te com co­gu­me­los pela es­po­sa e so­bri­nha Agri­pi­na, a Jo­vem. An­tes de mor­rer, no­me­ou o en­te­a­do Ne­ro co­mo su­ces­sor.

14

1964

Re­ce­be o Prê­mio No­bel da Paz Mar­tin Luther King, pe­lo com­ba­te sem vi­o­lên­cia à de­si­gual­da­de ra­ci­al. O ati­vis­ta foi as­sas­si­na­do em 1968 em Memphis, no Ten­nes­see, Es­ta­dos Uni­dos.

15

1918

Uma pan­de­mia de gri­pe es­pa­nho­la as­so­la o mun­do, que fi­cou em pâ­ni­co. No Bra­sil, nes­ta da­ta, é cons­ta­ta­do que a do­en­ça atin­giu o au­ge de sua con­ta­mi­na­ção e é de­cla­ra­do es­ta­do epi­dê­mi­co.

16

1998

O juíz es­pa­nhol Bal­ta­zar Gar­zón emi­te um pe­di­do de pri­são a Au­gus­to Pi­no­chet. Acu­sa­do de atro­ci­da­des, o ex-di­ta­dor foi de­ti­do em Lon­dres, on­de se re­cu­pe­ra­va de uma ci­rur­gia na coluna.

17

539 a.c.

Após re­ce­ber uma men­sa­gem di­vi­na se­gun­do a Bí­blia, Ci­ro, O Gran­de, mar­cha até a Ba­bilô­nia e, de­pois de con­quis­tá-la, li­ber­ta os ju­deus de qua­se 70 anos de exí­lio, pon­do fim ao Ca­ti­vei­ro Ba­bilô­ni­co.

18

1867

O Alas­ca é trans­fe­ri­do da Rús­sia pa­ra os Es­ta­dos Uni­dos por um va­lor de 7,2 mi­lhões de do­lá­res. E, só nos pri­mei­ros 50 anos, fo­ram ti­ra­das de lá ri­que­zas cem ve­zes su­pe­ri­o­res a is­so.

19

1469

Fer­nan­do, rei da Si­cí­lia e her­dei­ro do rei­no de Ara­gão, e Isa­bel, de Cas­te­la, se ca­sam, o que mar­ca o iní­cio da uni­fi­ca­ção po­lí­ti­ca dos rei­nos ibé­ri­cos que da­ri­am ori­gem à Es­pa­nha.

20

1740

Ma­ria Te­re­sa assume co­mo rai­nha da Áus­tria. Ela foi a úni­ca mu­lher a go­ver­nar du­ran­te o do­mí­nio da Ca­sa de Habs­bur­go. Após sua mor­te, em 1780, uma gu­er­ra foi fei­ta pa­ra de­ci­dir a su­ces­são.

21

1097

Du­ran­te a Pri­mei­ra Cru­za­da, a ci­da­de mu­çul­ma­na de An­ti­o­quia é cer­ca­da pe­lo exér­ci­to de cris­tãos li­de­ra­dos por Go­do­fre­do de Bu­lhão, Bo­e­mun­do de Ta­ran­to e Raimundo IV de Tou­lou­se.

22

1797

O fran­cês An­dré-jac­ques Gar­ne­rin re­a­li­za o pri­mei­ro sal­to de pa­ra­que­das com su­ces­so. Com 28 anos de ida­de, ele sal­tou de um ba­lão em mo­vi­men­to, a mil me­tros de al­tu­ra, em Pa­ris.

23

1685

Luís XIV da França re­vo­ga o Édi­to de Nan­tes com o Édi­to de Fon­tai­ne­ble­au, no qual or­de­na­va a des­trui­ção de igre­jas hu­gue­no­tes e o fe­cha­men­to de es­co­las pro­tes­tan­tes.

24

1930

Com a de­po­si­ção do en­tão pre­si­den­te Washing­ton Luís, tem su­ces­so a Re­vo­lu­ção de 1930 e ter­mi­na a Re­pú­bli­ca Ve­lha. O po­der iria pa­ra Ge­tú­lio Var­gas, que não sai­ria da ca­dei­ra até 1945.

25

732

Car­los Mar­tel, rei dos fran­cos, ven­ce os mu­çul­ma­nos na Ba­ta­lha de Poi­ti­ers. A vi­tó­ria freia a ex­pan­são do is­la­mis­mo na Eu­ro­pa me­di­e­val, pos­si­bi­li­tan­do a con­so­li­da­ção do cris­ti­a­nis­mo.

26

1917

O Bra­sil en­tra na Pri­mei­ra Gu­er­ra Mun­di­al do la­do da Trí­pli­ce En­ten­te (França, Rei­no Uni­do e Rús­sia). Ne­nhum bra­si­lei­ro ve­ria com­ba­te. O país se li­mi­tou a en­vi­ar pa­tru­lhas ma­ri­nhas e aju­da mé­di­ca.

27

1553

O mé­di­co, teó­lo­go e fi­ló­so­fo es­pa­nhol Mi­guel Ser­vet, pi­o­nei­ro na des­co­ber­ta da cir­cu­la­ção pul­mo­nar do san­gue, é quei­ma­do vi­vo por con­tes­tar dog­mas da Igre­ja em su­as pu­bli­ca­ções.

28

1922

Ocor­re a Mar­cha so­bre Ro­ma, pe­lo Par­ti­do Na­ci­o­nal Fas­cis­ta. Mi­li­tan­tes exi­gi­am a en­tre­ga do po­der – e se­ri­am aten­di­dos.

Be­ni­to Mus­so­li­ni se tor­na­ria pri­mei­ro-mi­nis­tro.

29

1810

A Bi­bli­o­te­ca Na­ci­o­nal é cri­a­da com a trans­fe­rên­cia da Re­al Bi­bli­o­te­ca Portuguesa pa­ra o Bra­sil, em 1808. Ela foi ins­ta­la­da no hos­pi­tal da Or­dem Ter­cei­ra do Car­mo, no Rio de Janeiro.

30

1969

Emí­lio Gar­ras­ta­zu Mé­di­ci assume a pre­si­dên­cia. O go­ver­no se­ria mar­ca­do pe­lo “mi­la­gre econô­mi­co”, com al­ta ta­xa de au­men­to do PIB, e “anos de chum­bo”, ápi­ce da re­pres­são.

31

475

Rô­mu­lo Au­gus­to assume co­mo o úl­ti­mo cé­sar do Im­pé­rio Ro­ma­no do Oci­den­te. Sua de­po­si­ção pe­lo bár­ba­ro Odo­a­cro, menos de um ano de­pois, mar­ca o fim do im­pé­rio e o fim da An­ti­gui­da­de.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.