Mi­nis­té­rio quer com­ba­ter fa­ke news no What­sapp

Brasil em Folhas - - Primeira Página -

Um ca­nal no apli­ca­ti­vo What­sapp vai pos­si­bi­li­tar que a po­pu­la­ção con­sul­te se a no­tí­cia so­bre saú­de que re­ce­beu nas re­des so­ci­ais é ver­da­dei­ra ou fal­sa. o anún­cio foi fei­to nes­ta se­gun­da-feira (27) pe­lo mi­nis­té­rio da saú­de. De acor­do com a pas­ta, qu­al­quer ci­da­dão po­de­rá adi­ci­o­nar gra­tui­ta­men­te o nú­me­ro (61) 99289-4640 nos con­ta­tos do ce­lu­lar. “ele ser­vi­rá ex­clu­si­va­men­te para ve­ri­fi­car com os pro­fis­si­o­nais de saú­de nas áre­as téc­ni­cas da pas­ta se um texto ou ima­gem que cir­cu­la nas re­des so­ci­ais é ver­da­dei­ro ou fal­so. ou se­ja, é um ca­nal ex­clu­si­vo e ofi­ci­al para des­mas­ca­rar as no­tí­ci­as fal­sas e cer­ti­fi­car as ver­da­dei­ras”, in­for­mou o mi­nis­té­rio, por meio de no­ta.

No co­mu­ni­ca­do, o di­re­tor de co­mu­ni­ca­ção so­ci­al da pas­ta, Ugo Bra­ga, clas­si­fi­ca as chamadas fa­ke news co­mo “pra­ga da mo­der­ni­da­de” que vem sendo usa­da de to­da for­ma para ma­ni­pu­lar, en­ga­nar, ilu­dir e pre­ju­di­car. “No ca­so da saú­de, é mui­to mais gra­ve, por­que a no­tí­cia fal­sa ma­ta”, re­for­çou, ao ci­tar o Wha­tapp co­mo prin­ci­pal veí­cu­lo de trans­mis­são de no­tí­ci­as fal­sas. a fer­ra­men- ta vai fun­ci­o­nar da se­guin­te for­ma: a par­tir do re­ce­bi­men­to das men­sa­gens, o conteúdo se­rá apu­ra­do jun­to às áre­as téc­ni­cas do ór­gão e de­vol­vi­do ao ci­da- dão com um ca­rim­bo que in­for­ma se é fal­so ou não. Des­sa maneira, se­rá pos­sí­vel com­par­ti­lhar a in­for­ma­ção de for­ma se­gu­ra.

as no­tí­ci­as ana­li­sa­das pe­la equi­pe do mi­nis­té­rio tam­bém es­ta­rão dis­po­ní­veis no en­de­re­ço sau­de. gov. br/ fa­ke­news e nos per­fis do mi­nis­té­rio nas re­des so­ci­ais.

Re­pro­du­ção / in­ter­net

Qu­al­quer ci­da­dão po­de­rá adi­ci­o­nar gra­tui­ta­men­te o nú­me­ro nos con­ta­tos do ce­lu­lar

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.