“É ine­go­ciá­vel” fe­char a fron­tei­ra com a Ve­ne­zu­e­la

Brasil em Folhas - - Primeira Página -

Em meio às po­lê­mi­cas cau­sa­das pe­lo in­ten­so flu­xo de imi­gran­tes no Bra­sil, o pre­si­den­te mi­chel te­mer afir­mou ho­je ( 30) que é “in­co­gi­tá­vel e ine­go­ciá­vel” fe­char a fron­tei­ra com a Ve­ne­zu­e­la.

“Não há is­so. Não ha­ve­rá”, des­ta­cou em vi­a­gem ao rio de Ja­nei­ro. au­to­ri­da­des de Ro­rai­ma pres­si­o­nam o go­ver­no fe­de­ral pa­ra o fe­cha­men­to da fai­xa fron­tei­ri­ça.

Segundo te­mer, sua ideia de dis­tri­buir se­nhas se­ria ape­nas pa­ra or­ga- ni­zar a en­tra­da dos ve­ne­zu­e­la­nos no Bra­sil. De acor­do com o pre­si­den­te, a pro­pos­ta em es­tu­do se­ria ado­tar dois ti­pos de se­nha: um pa­ra o ve­ne­zu­e­la­no que vem ao Bra­sil, mas re­tor­na ao país de ori­gem, e ou­tra pa­ra aque­le que pre­ten­de se es­ta­be­le­cer em ter­ri­tó­rio na­ci­o­nal.

Te­mer afir­mou ain­da que as se­nhas even­tu­al­men­te - dis­tri­buí­das pa­ra os imi­gran­tes que que­rem fi­car no Bra­sil - têm o ob­je­ti­vo de aju­dar na or­ga­ni­za­ção hu­ma­ni­tá­ria, co­mo va­ci­na- ção e as­sis­tên­cia so­ci­al.

Segundo es­ti­ma­ti­vas ofi­ci­ais, en­tram no Bra­sil di­a­ri­a­men­te, via Ro­rai­ma, de 600 a 800 ve­ne­zu­e­la­nos por dia. o pre­si­den­te não men­ci­o­nou a quan­ti­da­de de se­nhas a ser dis­tri­buí­da.

Arquivo/ag.bra­sil

Te­mer afir­mou ain­da que as se­nhas even­tu­al­men­te - dis­tri­buí­das pa­ra os imi­gran­tes que que­rem fi­car no Bra­sil

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.