Se­na­do apro­va in­ter­ven­ção fe­de­ral em Ro­rai­ma

Brasil em Folhas - - Primeira Página -

ose­na­do fe­de­ral apro­vou, na tar­de des­ta qu­ar­ta-fei­ra (12/12) a in­ter­ven­ção fe­de­ral no es­ta­do de ro­rai­ma. a me­di­da to­ma­da pe­lo pre­si­den­te mi­chel te­mer foi pu­bli­ca­da na se­gun­da-fei­ra, no Diá­rio ofi­ci­al da União, e es­ta­be­le­ce a in­ter­ven­ção in­te­gral no es­ta­do de ro­rai­ma até o dia 31 de de­zem­bro por cau­sa da pa­ra­li­sa­ção de agen­tes pe­ni­ten­ciá­ri­os e da Po­lí­cia mi­li­tar, além da cri­se pro­vo­ca­da pe­la imi­gra­ção de ve­ne­zu­e­la­nos. a me­di­da vai à pro­mul­ga­ção.

o in­ter­ven­tor se­rá o fu­tu­ro go­ver­na­dor an­to­nio De­na­rium (Psl) do mes­mo par­ti­do do pre­si­den­te elei­to Jair Bol­so­na­ro. Na prá­ti­ca, ele es­ta­rá an­te­ci­pan­do sua pos­se. Não hou­ve una­ni­mi­da­de en­tre os se­na­do­res da ca­sa. com a de­ci­são, ha­ve­rá a li­be­ra­ção de um cré­di­to ex­tra­or­di­ná­rio pa­ra o es­ta­do en­tre r$ 150 mi­lhões e r$ 200 mi­lhões, que se­rá usa­do pa­ra o pa­ga­men­to de ser­vi­do­res pú­bli­cos e ou­tras des­pe­sas - o re­cur­so fi­ca fo­ra da re­gra do te­to de gas­tos da União.

o go­ver­no fe­de­ral vai edi­tar uma me­di­da pro­vi­só­ria pa­ra li­be­rar o re­cur­so. a pri­mei­ra par­ce­la a ser li­be­ra­da se­rá de r$ 23 mi­lhões. a me­di­da foi de­fen­di­da no ple­ná­rio pe­lo lí­der do go­ver­no no se­na­do, ro­me­ro Ju­cá (mdb-rr), que apoi­ou a in­ter­ven­ção de­vi­do ao “es­ta­do de anar­quia” que, se­gun­do ele, to­mou con­ta de ro­rai­ma. “Pri­mei­ro que­ro re­co­nhe­cer que es­sa é uma me­di­da ex­tre­ma­men­te di­fe­ren­ci­a­da, uma me­di­da ex­tre­ma­men­te ex­cep­ci­o­nal. Não foi usa­da ain­da, da cons­ti­tui­ção de 88 pa­ra cá, uma me­di­da co­mo es­sa. e por que es­sa me­di­da, en­tão, foi ne­ces­sá­ria? Que­ro aqui ra­pi­da­men­te re­la­tar que o es­ta­do de ro­rai­ma es­ta­va en­tre­gue, nas su­as prin­ci- pais con­di­ções de di­rei­to bá­si­co, in­di­vi­du­al e co­le­ti­vo, a um pro­ces­so de com­ple­ta anar­quia”, dis­se.

a in­ter­ven­ção ge­rou crí­ti­cas, no en­tan­to, de se­na­do­res co­mo Humberto cos­ta (Pt-pe) e Va­nes­sa Graz­zi­o­tin (Pcdob-am). “Nós es­ta­mos re­du­zin­do o man­da­to de um go­ver­na­dor de es­ta­do e an­te­ci­pan­do a pos­se de um go­ver­na­dor elei­to. ao fi­nal das con­tas, é is­so que es­tá acon­te­cen­do. e eu acho que es­ses são pre­ce­den­tes ex­tre­ma­men­te pe­ri­go­sos, em par­ti­cu­lar pe­lo per­fil psi­co­ló­gi­co, pe­la his­tó­ria de au­to­ri­ta­ris­mo que ca­rac­te­ri­za o fu­tu­ro Pre­si­den­te da re­pú­bli­ca, que po­de tor­nar es­se um ges­to pra­ti­ca­men­te tri­vi­al ou ba­nal da­qui pa­ra fren­te”, ar­gu­men­tou o pe­tis­ta.

Va­nes­sa tam­bém ques­ti­o­nou a an­te­ci­pa­ção do man­da­to do go­ver­no elei­to, o que re­pre­sen­tou o afas­ta­men­to da atu­al go­ver­na­do­ra su­ely cam­pos (Pp-rr) do car­go. “Por que não co­lo­cou um ge­ne­ral? Por que não co­lo­cou um ca­pi­tão, um co­ro­nel do exér­ci­to que vi­ve lá e que po­de­ria per­fei­ta­men­te con­du­zir a in­ter­ven­ção? Não, co­lo­cou o go­ver­na­dor elei­to. re­ti­rou do po­der a úni­ca mu­lher go­ver­na­do­ra elei­ta des­te País, sem ne­nhu­ma ra­zão”, dis­se. (ae)

Fa­bio ro­dri­gues Poz­ze­bom/agência Bra­sil

O pre­si­den­te Mi­chel Te­mer de­ter­mi­nou a in­ter­ven­ção fe­de­ral no es­ta­do de Ro­rai­ma

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.