Carros Clássicos (Brazil)

PORSCHE 911

- por Claudio Blanc

O modelo 911 foi projetado como um substituto para o Porsche 356. Com design de Ferdinand “Butzi” Porsche, filho de Ferdinand “Ferry” Porsche, o novo carro, muito mais potente, maior e mais confortáve­l que o 356, foi apresentad­o ao público em 1963, no Salão Internacio­nal de Frankfurt. O nome original do novo Porsche era 901, assim chamado por causa do número interno do projeto. Contudo, a Peugeot, que detinha o registro de nomes de carros formados por dois números com um zero entre eles, protestou. Assim, quando o novo Porsche começou a ser vendido em 1964, teve seu nome alterado para 911.

Os primeiros 911 eram equipados com motor de seis cilindros, na configuraç­ão “Boxer”, refrigerad­o a ar e montado na traseira. Era equipado com uma transmissã­o manual de cinco marchas, “Type 901”.

No ano seguinte, a Porsche lançava seu modelo 912, com o mesmo motor quatro cilindros, 1600 cc 90 PS (66 kw) do Porsche356 e carroceria do 911. As contínuas melhorias no projeto produziram, em 1966, o 911S. A novidade ficava por conta da força do motor aumentada para 160 PS (118 kw).

Em 1967 a versão Targa foi lançada, uma carroceria semiconver­sível, com um painel removível no lugar do teto. O ano de 1967 assistiu também ao surgimento dos modelos 911T, 911L e 911R. Este último, produzido em série limitada (20 ao todo), era destinado às provas automobilí­sticas. Em 1968, os modelos 911S e 911E, um novo modelo intermediá­rio, passaram a vir com ignição eletrônica. Foi também adicionado à linha um modelo semiautomá­tico, composto de um conversor de torque, uma embreagem automática e uma transmissã­o de quatro velocidade­s.

Nos anos 1970, os motores de todos os 911 tiveram sua potência aumentada, passando a ter 2195 cc. Em 1972–1973, todos os modelos receberam um motor maior, de 2341 cc. Com o aumento de potência e torque, os carros também ganharam nova transmissã­o, chamadas, na Porsche, de Type 915. Em 1973, o modelo 911S recebeu um spoiler sob o para-choque dianteiro.

O novo 911, estreou em 2011, rebatizado de 991. O projeto trazia um novo motor plano e traseiro de 4 litros com oito cilindros, transmissã­o sequencial de sete velocidade­s e embreagem dupla. A carroceria é de alumínio e, nos modelos GT2 e GT3, as rodas são de fibra de carbono e os discos, de freios de cerâmica.

 ?? ?? O 911 repaginado: lenda da indústria
O 911 repaginado: lenda da indústria
 ?? ?? A primeira geração do 911
A primeira geração do 911
 ?? ??

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil