NÃO FAL­TA COR!

Pa­ra re­fle­tir a per­so­na­li­da­de da mo­ra­do­ra, as ar­qui­te­tas abu­sa­ram dos tons vi­vos.

Casa Linda - - Índice - Tex­to: Laís Ro­dri­gues | De­sign: Re­nan Oli­vei­ra

Quem

acha que cô­mo­dos pe­que­nos pre­ci­sam ter tons neu­tros pa­ra pa­re­ce­rem mais amplos, vai se sur­pre­en­der com es­ta sa­la de ape­nas 17m². As ar­qui­te­tas May Lee Chaves e So­lan­ge Bar­ci­e­la, res­pon­sá­veis pe­lo pro­je­to, abu­sa­ram das co­res vi­vas e cri­a­ram um am­bi­en­te ale­gre e des­con­traí­do pa­ra a mo­ra­do­ra de 26 anos.

Na me­di­da cer­ta

Um dos de­se­jos da mo­ra­do­ra era ter uma sa­la co­lo­ri­da, sem que a de­co­ra­ção fi­cas­se mui­to po­luí­da. “Ado­ta­mos uma pa­le­ta de co­res ale­gres que re­fle­tem o ve­rão da zo­na sul ca­ri­o­ca”, con­tam May Lee e So­lan­ge. Pa­ra con­tras­tar com as co­res vi­vas e tra­zer mais con­for­to, a uti­li­za­ção da ma­dei­ra foi es­sen­ci­al.

So­lu­ções in­te­li­gen­tes

Pa­ra apro­vei­tar ca­da can­ti­nho dis­po­ní­vel, a mar­ce­na­ria foi fei­ta sob me­di­da. Além dis­so, no es­pa­ço ín­ti­mo que fi­ca per­to da ja­ne­la, foi ins­ta­la­do um ban­co mul­ti­fun­ci­o­nal: ele é um ar­má­rio e a par­te de ci­ma se trans­for­ma em ca­ma.

O pi­so da sa­la re­ce­beu um por­ce­la­na­to por­tu­guês azul, que traz pra­ti­ci­da­de na lim­pe­za

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.