CHAR­ME E ES­TI­LO

De­ta­lhes tra­zem o cli­ma da ca­sa da vo­vó pa­ra um apartamento.

Casa Linda - - Índice - Tex­to Laís Ro­dri­gues | De­sign Re­nan Oli­vei­ra

Além de apro­vei­tar a luz na­tu­ral, a ar­qui­te­ta tam­bém apos­tou em uma ilu­mi­na­ção bem cla­ra, pa­ra pa­re­cer dia a qual­quer ho­ra

Aar­qui­te­ta Ana Ca­no Mil­man quis cri­ar nes­ta co­zi­nha de 17m² um am­bi­en­te on­de to­da a fa­mí­lia de mo­ra­do­res se sen­tis­se na ca­sa da vo­vó, e is­so foi pos­sí­vel com mó­veis bran­cos e um pai­nel de azu­le­jo hi­dráu­li­co bem co­lo­ri­do. Sai­ba mais so­bre es­te cô­mo­do aconchegante!

Cor na me­di­da cer­ta

O uso de pa­re­des, ar­má­ri­os e pi­so em tons cla­ros ser­viu “pa­ra neu­tra­li­zar o pai­nel su­per co­lo­ri­do da pa­re­de da ban­ca­da mo­lha­da, na qual usei o gra­ni­to São Ga­bri­el. No mo­bi­liá­rio solto, usei uma me­sa Sa­a­ri­nen com tam­po de ma­dei­ra e ca­dei­ras ama­re­las pa­ra es­quen­tar a par­te da co­pa”, afir­ma a pro­fis­si­o­nal. Uti­li­zan­do co­res vi­bran­tes de for­ma pon­tu­al, em lo­cais on­de te­nham des­ta­que, é um gran­de di­fe­ren­ci­al na dé­cor.

Apro­vei­te o es­pa­ço

Pa­ra oti­mi­zar a co­zi­nha e tor­nar seu uso prá­ti­co no dia a dia, Ana se­to­ri­zou o cô­mo­do, ins­ta­lan­do ge­la­dei­ra, mi­cro-on­das e ar­má­rio pa­ra des­pen­sa em um dos la­dos, e o fo­gão e a am­pla ban­ca­da com pia no ou­tro. Des­sa ma­nei­ra, a cir­cu­la­ção no meio do es­pa­ço fi­ca li­be­ra­da e foi pos­sí­vel até in­cluir uma me­sa de qu­a­tro lu­ga­res no lo­cal.

Tan­to o uso do azu­le­jo hi­dráu­li­co quan­to a ma­dei­ra do tam­po da me­sa re­me­tem ao cli­ma de fa­zen­da

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.