Con­vi­da­ti­va e es­pa­ço­sa

Ins­pi­re-se e crie um lo­cal per­fei­to para re­la­xar..........

Casa Linda - - Índice - Tex­to: Ana Letícia Car­va­lho/Co­la­bo­ra­do­ra | De­sign: Ní­co­las Mes­si­as/Co­la­bo­ra­dor

Pouco es­pa­ço não de­ve ser sinô­ni­mo de fal­ta de con­for­to. A ar­qui­te­ta Cyn­tia Sa­bát pro­va is­so nes­te pro­je­to de 19m², no qual trans­for­mou a pe­que­na sa­la no lu­gar cer­to para uma fa­mí­lia des­can­sar e com­par­ti­lhar bons momentos.

Uma pau­sa

Che­gar em ca­sa após um dia cheio e ter uma fol­ga da ro­ti­na corrida é uma das me­lho­res sen­sa­ções que exis­tem e en­con­trar um am­bi­en­te acon­che­gan­te e bo­ni­to po­de ser me­lhor ain­da. A so­lu­ção que a ar­qui­te­ta en­con­trou para dar es­se as­pec­to à sa­la foi a uti­li­za­ção de tons ama­dei­ra­dos no pi­so e nos mó­veis, além de uma ilu­mi­na­ção com dim­mer.

Sem aper­to

Para so­lu­ci­o­nar a ques­tão da me­tra­gem re­du­zi­da, Cyn­tia usou al­guns ar­ti­fí­ci­os co­muns. Em vez de uti­li­zar uma me­sa qua­dra­da ou re­tan­gu­lar, que ocu­pa­ria mui­to mais es­pa­ço no am­bi­en­te, a ar­qui­te­ta op­tou por um mo­de­lo re­don­do, que fa­vo­re­ce a cir­cu­la­ção. Além dis­so, o rack es­co­lhi­do para ser­vir de ba­se para a TV é um mo­de­lo mais es­trei­to, dan­do ideia de am­pli­tu­de para a sa­la.

Ver­sá­til

A mo­ra­do­ra de­se­ja­va que as to­na­li­da­des do apar­ta­men­to fos­sem neu­tras, pois, as­sim, po­de­ria mu­dar as co­res do res­tan­te da de­co­ra­ção sempre que qui­ses­se. Os tons são, pre­do­mi­nan­te­men­te, bran­co, be­ge e mar­rom – pro­ve­ni­en­te da ma­dei­ra. “O so­fá ja exis­tia e o man­ti­ve­mos com a mes­ma cor, co­lo­can­do os ou­tro itens cla­ros e um es­pe­lho para am­pli­ar”, con­ta a pro­fis­si­o­nal.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.