AÇÚ­CAR NA ME­DI­DA

A cou­ve é re­ple­ta de nu­tri­en­tes que blin­dam o cor­po das do­en­ças e do can­sa­ço

Coleção Almanaque da Saúde - - SUMÁRIO -

Man­ter a gli­co­se den­tro dos ní­veis ide­ais tam­bém é um be­ne­fí­cio da cou­ve, que po­de pre­ve­nir e até com­ba­ter di­a­be­tes

AFALTA DE FERRO NO OR­GA­NIS­MO É UMA DAS CAU­SAS DO DE­SEN­VOL­VI­MEN­TO DA ANE­MIA.

En­tre os sin­to­mas que in­di­cam sua pre­sen­ça, es­tão pa­li­dez, can­sa­ço, me­mó­ria fra­ca, do­res mus­cu­la­res e fal­ta de ar. Pa­ra blin­dar a saú­de con­tra o pro­ble­ma é pre­ci­so con­su­mir ali­men­tos ri­cos em ferro, cla­ro, mas o que tal­vez vo­cê não sai­ba é que o au­xí­lio da vi­ta­mi­na C é uma com­pa­nhia per­fei­ta pa­ra o mi­ne­ral.

GRAN­DE AJU­DA

O ferro das car­nes re­ce­be o no­me de ferro he­me e é ab­sor­vi­do com mais fa­ci­li­da­de. Po­rém, o ferro vin­do de fon­tes ve­ge­tais, chamado de ferro não-he­me, ne­ces­si­ta de uma for­ça ex­tra da vi­ta­mi­na C, que fa­vo­re­ce sua as­si­mi­la­ção pe­lo or­ga­nis­mo. “A efi­ci­ên­cia da ab­sor­ção do ferro dos ali­men­tos é de­ter­mi­na­da pe­los ali­men­tos que o acom­pa­nham. Ali­men­tos ri­cos em vi­ta­mi­na C po­ten­ci­a­li­zam sua ab­sor­ção”, des­ta­ca a nu­tri­ci­o­nis­ta Va­nes­sa Fra­zen Lei­te.

OS NU­TRI­EN­TES DA COU­VE

A hor­ta­li­ça es­tá en­tre os ve­ge­tais que pos­sui ferro em sua com­po­si­ção, no en­tan­to, o que mais se des­ta­ca no com­ba­te à ane­mia é a pre­sen­ça de vi­ta­mi­na C. Por­tan­to, pa­ra dei­xar a do­en­ça bem lon­ge, apos­te em pra­tos que le­vam a cou­ve co­mo in­gre­di­en­te, mas na for­ma crua, já que a vi­ta­mi­na C se per­de ao en­trar em con­ta­to com o ca­lor.

BE­NE­FÍ­CI­OS DAS VI­TA­MI­NAS

As vi­ta­mi­nas me­lho­ram a pe­le, a oxi­ge­na­ção das cé­lu­las, au­xi­li­am no fun­ci­o­na­men­to do me­ta­bo­lis­mo e aju­dam nos pro­ces­sos de cu­ra e re­ju­ve­nes­ci­men­to. O nu­tró­lo­go An­dré Vei­nert aler­ta pa­ra a ca­rên­cia de vi­ta­mi­nas no or­ga­nis­mo, que po­de cau­sar avi­ta­mi­no­se e ou­tras do­en­ças. “A fal­ta de vi­ta­mi­nas po­de ser cau­sa­da pe­la in­ges­tão de uma ali­men­ta­ção pou­co va­ri­a­da, as pes­so­as que não con­so­mem fru­tas ou ver­du­ras po­dem de­sen­vol­ver al­gu­mas do­en­ças que po­dem ser con­sequên­cia da avi­ta­mi­no­se”, afir­ma. Pa­ra o or­ga­nis­mo não so­frer ne­nhu­ma ca­rên­cia de vi­ta­mi­nas, é re­co­men­da­do fa­zer uso diá­rio de ali­men­tos co­mo fru­tas e ver­du­ras. Mas lem­bre-se que o con­su­mo abu­si­vo tor­na-se um perigo a saú­de. “Pro­cu­re sem­pre a ori­en­ta­ção de es­pe­ci­a­lis­tas pa­ra vo­cê não co­me­ter ne­nhum er­ro que pos­sa com­pro­me­ter a sua saú­de. Man­te­nha há­bi­tos sau­dá­veis e fa­ça exer­cí­ci­os fí­si­cos, as­sim vo­cê man­te­rá to­do o seu or­ga­nis­mo e sua mente fun­ci­o­nan­do em per­fei­ta sin­to­nia”, acon­se­lha o nu­tró­lo­go.

VI­TA­MI­NAS PA­RA TO­DA A VI­DA

Gru­po das prin­ci­pais vi­ta­mi­nas hi­dros­so­lú­veis (com­ple­xo B): Vi­ta­mi­na B12 Es­tá as­so­ci­a­da ao fun­ci­o­na­men­to de to­das as cé­lu­las e tam­bém do te­ci­do ner­vo­so. “A fal­ta de vi­ta­mi­na B12 po­de pro­vo­car al­te­ra­ções neu­ro­ló­gi­cas e tam­bém a pes­soa po­de de­sen­vol­ver uma ane­mia de­no­mi­na­da me­ga­lo­blás­ti­ca”, aler­ta o mé­di­co. On­de en­con­trar: fí­ga­do e rim, lei­te, ovo, pei­xe, quei­jos e car­nes. Vi­ta­mi­na B1 (Ti­a­mi­na) Man­tém os sis­te­mas ner­vo­so e cir­cu­la­tó­rio em bom fun­ci­o­na­men­to, além dis­so, au­xi­lia na for­ma­ção do sangue e no me­ta­bo­lis­mo de car­boi­dra­tos. Pre­vi­ne o en­ve­lhe­ci­men­to, me­lho­ra a fun­ção ce­re­bral, com­ba­te a depressão e a fa­di­ga. On­de en­con­trar: ve­ge­tais de folhas (al­fa­ce ro­ma­na, es­pi­na­fre), be­rin­je­la, co­gu­me­los, grãos de ce­re­ais in­te­grais, fei­jão, no­zes, atum, car­ne bo­vi­na e de aves. Vi­ta­mi­na B2 (Ri­bo­fla­vi­a­na) Pre­vi­ne ca­ta­ra­ta, aju­da na re­pa­ra­ção e ma­nu­ten­ção da pe­le e na pro­du­ção do hormô­nio adre­na­li­na. On­de en­con­trar: ve­ge­tais, grãos in­te­grais, lei­te e car­nes. Vi­ta­mi­na B3 (Ni­co­ti­na­mi­da) Re­duz tri­gli­cé­ri­des e co­les­te­rol. Au­xi­lia no fun­ci­o­na­men­to ade­qua­do do sis­te­ma ner­vo­so e imu­no­ló­gi­co. On­de en­con­trar: le­ve­du­ra, car­nes ma­gras de bo­vi­nos e de aves, fí­ga­do, lei­te, ge­ma de ovos, ce­re­ais in­te­grais, ve­ge­tais de folhas (bró­co­lis, cou­ve), as­par­gos, ce­nou­ra, batata-do­ce, fru­tas se­cas, to­ma­te, aba­ca­te. Vi­ta­mi­na B5 (Áci­do pan­to­tê­ni­co) Au­xi­lia na for­ma­ção de cé­lu­las vermelhas do sangue e na de­sin­to­xi­ca­ção quí­mi­ca. Pre­vi­ne de­ge­ne­ra­ção de car­ti­la­gens e aju­da na cons­tru­ção de an­ti­cor­pos. On­de en­con­trar: car­nes, ovos, lei­te, grãos in­te­grais e in­tei­ros, amen­doim, le­ve­du­ra, ve­ge­tais (bró­co­lis), al­gu­mas fru­tas (aba­ca­te), ová­rio de pei­xes de água fria, ge­leia re­al. Vi­ta­mi­na B6 (Pi­ri­do­xi­na) Re­duz o ris­co de do­en­ças car­día­cas, aju­da na ma­nu­ten­ção do sis­te­ma ner­vo­so cen­tral e no sis­te­ma imu­no­ló­gi­co. Além dis­so, ali­via en­xa­que­cas e náu­se­as. On­de en­con­trar: ce­re­ais in­te­grais, se­men­te de gi­ras­sol, le­gu­mi­no­sas (so­ja, amen­doim, fei­jão), aves, pei­xes, fru­tas (ba­na­na, to­ma­te, aba­ca­te) e ve­ge­tais (es­pi­na­fre). Vi­ta­mi­na B7 (Bi­o­ti­na) Pro­mo­ve o cres­ci­men­to ce­lu­lar, au­xi­lia na pro­du­ção de áci­dos gra­xos e re­du­ção de açú­car no sangue. “A vi­ta­mi­na B7 pre­vi­ne a cal­ví­cie e tam­bém ali­via do­res mus­cu­la­res”, diz o mé­di­co. On­de en­con­trar: car­ne de aves, fí­ga­do, rins, ge­ma de ovo, cou­ve-flor, er­vi­lha. Vi­ta­mi­na B9 (áci­do fó­li­co) Pro­mo­ve a saú­de dos ca­be­los e da pe­le. “A vi­ta­mi­na B9 for­ne­ce nu­tri­en­tes pa­ra ga­ran­tir a ma­nu­ten­ção dos sis­te­mas imu­no­ló­gi­co, cir­cu­la­tó­rio e ner­vo­so. A B9 tam­bém aju­da no com­ba­te do câncer de ma­ma e de có­lon”, acres­cen­ta An­dré Vei­nert. On­de en­con­trar: pei­xes, er­vi­lha, ge­ma de ovo, bró­co­lis e fei­jão. Vi­ta­mi­na B12 (Co­ba­la­mi­na) Age so­bre os gló­bu­los ver­me­lhos, cé­lu­las ner­vo­sas, no equi­lí­brio hor­mo­nal e na be­le­za da pe­le. On­de en­con­trar: fí­ga­do, rins, car­nes, pei­xes, ovos, lei­te, quei­jo. “Quan­do o con­su­mo de ali­men­tos ri­cos em vi­ta­mi­na B12 é pe­que­no, de­ve-se to­mar um su­ple­men­to ali­men­tar des­sa vi­ta­mi­na pa­ra evi­tar a ane­mia e ou­tras com­pli­ca­ções”, re­co­men­da o nu­tró­lo­go An­dré Vei­nert.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.