AL­TER­NA­TI­VAS QUE FUN­CI­O­NAM

Acu­pun­tu­ra e fi­to­te­ra­pia po­dem aju­dar (e mui­to!) nos tra­ta­men­tos dos ma­les reu­má­ti­cos

Coleção Almanaque da Saúde - - ÍNDICE -

OS TRA­TA­MEN­TOS COM FISIOTERAPIA E ME­DI­CA­MEN­TOS NÃO BAS­TAM, POIS É PRE­CI­SO TAM­BÉM MU­DAR A ALI­MEN­TA­ÇÃO. Além da pre­ven­ção, quem bus­ca ame­ni­zar os sin­to­mas e di­mi­nuir aque­las do­res cha­ti­nhas, en­con­tra nos ali­men­tos po­de­ro­sos analgésicos. “Se­guir uma di­e­ta ba­lan­ce­a­da, sem exa­ge­ros, evi­tan­do o ga­nho de pe­so, pro­te­ge as pes­so­as con­tra uma sé­rie de pa­to­lo­gi­as, in­clu­si­ve o reu­ma­tis­mo”, ex­pli­ca a nu­tri­ci­o­nis­ta Mi­ri­an Martinez. Con­fi­ra a se­guir al­gu­mas di­cas!

BRÓ­CO­LIS

Es­se le­gu­me é ide­al pa­ra man­ter o or­ga­nis­mo fun­ci­o­nan­do re­gu­lar­men­te, uma vez que é pou­co ca­ló­ri­co, ri­co em fi­bras e pos­sui 3g de pro­teí­na em ca­da 100g do pro­du­to. Além dis­so, é fon­te de fo­la­tos, cálcio, po­tás­sio e fla­vo­nói­de, apre­sen­tan­do efei­to an­ti-in­fla­ma­tó­rio efi­caz con­tra os pro­ble­mas reu­má­ti­cos.

ALHO

Es­sen­ci­al na ho­ra de pre­pa­rar des­de as re­cei­tas mais sim­ples (co­mo ar­roz) até as mais com­ple­xas (co­mo peixes e car­nes), es­sa es­pe­ci­a­ria ain­da apre­sen­ta ou­tra van­ta­gem: com­ba­te as do­res no cor­po e a artrite. As­sim, o con­su­mo de alho ga­ran­te mais sa­bor às re­cei­tas e, de que­bra, man­tém a saú­de das ar­ti­cu­la­ções em dia.

BE­TER­RA­BA

A co­lo­ra­ção clás­si­ca des­se le­gu­me in­di­ca a pre­sen­ça de um com­pos­to co­nhe­ci­do co­mo be­ta­laí­na, que po­de eli­mi­nar as inflamações e, com is­so, re­du­zir os sin­to­mas da artrite e até mes­mo da artrose. Ela ain­da pos­sui quan­ti­da­des ex­pres­si­vas de an­ti­o­xi­dan­te, vitamina C e fi­bras, que aju­dam a pro­te­ger con­tra o cân­cer e as do­en­ças car­día­cas.

TO­MA­TE

Qu­e­ri­di­nho na ho­ra do pre­pa­ro das sa­la­das, es­se le­gu­me con­tém li­co­pe­no, que com­ba­te a in­fla­ma­ção dos pul­mões e de ou­tras par­tes do cor­po. E o me­lhor é que, quan­do aque­ci­do, o to­ma­te au­men­ta a quan­ti­da­de des­sa subs­tân­cia, ou se­ja, os mo­lhos na­tu­rais tam­bém são uma im­por­tan­te ar­ma con­tra o pro­ces­so in­fla­ma­tó­rio.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.