Voz em por­tu­guês dá tem­pe­ro es­pe­ci­al

Correio da Bahia - - Vida -

A ver­são em por­tu­guês de O Grinch tem a par­ti­ci­pa­ção de Lá­za­ro Ra­mos, que dá voz ao per­so­na­gem prin­ci­pal. O ator, que já di­ri­giu pe­ças e es­cre­veu li­vros pa­ra cri­an­ças, fa­lou com o COR­REIO so­bre a ex­pe­ri­ên­cia da du­bla­gem e sua apro­xi­ma­ção com o uni­ver­so in­fan­til.

Qual a di­fe­ren­ça en­tre du­blar e atu­ar?

Co­mo du­bla­dor, vo­cê tem que re­co­nhe­cer que se tra­ta de um tra­ba­lho co­le­ti­vo. Não adi­an­ta eu che­gar com a voz que eu cri­ei, com as in­fle­xões que que­ro fa­zer se não re­co­nhe­cer que tem um tra­ba­lho de um de­se­nhis­ta que traz pro­pos­ta de corpo e de ros­to e que vai fi­car me­lhor pa­ra o filme se eu a obe­de­cer.

Vo­cê já es­cre­veu li­vros pa­ra cri­an­ças, di­ri­giu pe­ças pa­ra elas e du­blou fil­mes in­fan­tis.

E co­mo fun­ci­o­na a res­pos­ta das cri­an­ças?

Eu fi­co mui­to emo­ci­o­na­do por­que elas ex­pres­sam ca­ri­nho e gra­ti­dão imen­sos quan­do ter­mi­nam de ver. Já tive mui­ta con­ver­sa boa com cri­an­ças quan­do di­zem a elas ‘foi ele que di­ri­giu’ ou ‘foi ele que es­cre­veu’. Ve­jo o bri­lho nos olhos de­las. E é uma pla­teia di­fí­cil por­que, se o es­pe­tá­cu­lo não for bom, elas vão em­bo­ra mes­mo.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.