PIB do Bra­sil avan­ça 0,8%

Correio da Bahia - - Mais - Das Agên­ci­as

O Pro­du­to In­ter­no Bru­to (PIB) bra­si­lei­ro cres­ceu 0,8% no ter­cei­ro tri­mes­tre em re­la­ção ao se­gun­do tri­mes­tre des­te ano, e to­ta­li­zou R$ 1,716 tri­lhão, in­for­mou on­tem o Ins­ti­tu­to Bra­si­lei­ro de Ge­o­gra­fia e Es­ta­tís­ti­ca (IB­GE). Na com­pa­ra­ção com o ter­cei­ro tri­mes­tre de 2017, o PIB avan­çou 1,3%. A al­ta é a mai­or des­de o pri­mei­ro tri­mes­tre de 2017, quan­do hou­ve cres­ci­men­to de 1,1%.

De­pois de qu­e­das su­ces­si­vas nas ta­xas em 2015 e 2016, por con­ta da re­ces­são, o PIB, nes­te ter­cei­ro tri­mes­tre de 2018, se en­con­tra no mes­mo pa­ta­mar do pri­mei­ro se­mes­tre de 2012. Ain­da es­tá 5% abai­xo do pi­co, re­gis­tra­do no pri­mei­ro tri­mes­tre de 2014, mas vem avan­çan­do. No se­gun­do tri­mes­tre de 2018, por exem­plo, o pa­ta­mar se en­con­tra­va no mes­mo ní­vel de me­a­dos de 2011.

“A eco­no­mia es­tá me­lho­ran­do e se apro­xi­man­do mais do seu pi­co, re­gis­tra­do an­tes do iní­cio da cri­se, que cau­sou qu­e­das su­ces­si­vas nas ta­xas. Ago­ra, tan­to na com­pa­ra­ção com o tri­mes­tre an­te­ri­or, quan­do o con­su­mo das fa­mí­li­as, que cor­res­pon­de a 64% do PIB pe­la óti­ma de­man­da, já re­gis­trou se­te va­ri­a­ções po­si­ti­vas con­se­cu­ti­vas. Com re­la­ção ao re­sul­ta­do ge­ral do PIB, te­mos tri­mes­tres com va­ri­a­ções me­no­res e ou­tras mai­o­res, mas sem­pre pró­xi­mas da es­ta­bi­li­da­de”, dis­se Re­be­ca Pa­lis, res­pon­sá­vel pe- la Co­or­de­na­ção de Tri­mes­trais do IB­GE.

Pa­ra o mi­nis­tro do Pla­ne­ja­men­to, Es­te­ves Col­na­go, o cres­ci­men­to da eco­no­mia no se­gun­do se­mes­tre dá ex­pec­ta­ti­va po­si­ti­va pa­ra 2019. “Os re­sul­ta­dos es­pe­ra­dos pa­ra o 2º se­mes­tre nos dão uma ex­pec­ta­ti­va po­si­ti­va pa­ra 2019. Eles re­fle­tem o mui­to que já foi fei­to, mas a con­so­li­da­ção dos re­sul­ta­dos po­si­ti­vos de­pen­de fun­da­men­tal­men­te da con­ti­nui­da­de das re­for­mas econô­mi­cas”, afir­mou Col­na­go, em sua con­ta do Twit­ter.

Con­tas

Pe­lo la­do da de­man­da, o con­su­mo das fa­mí­li­as, no ter­cei­ro tri­mes­tre em re­la­ção ao an­te­ri­or, te­ve ex­pan­são de 0,6%, os in­ves­ti­men­tos, me­di­dos pe­la For­ma­ção Bru­ta de Ca­pi­tal Fi­xo (FBCF), cres­ce­ram 6,6% e as des­pe­sas do con­su­mo do go­ver­no cres­ce­ram 0,3%. Es­sa ex­pan­são do con­su­mo das fa­mí­li­as é o me-

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.