O ES­CO­LHI­DO

Correio da Bahia - - Esporte -

(2016), Gu­a­ra­ni (2016) e, so­bre­tu­do, no Ce­a­rá (2017/18). No Pay­san­du, on­de es­te­ve em 2017, fi­cou per­to dis­so: 56%.

Cha­mus­ca, in­clu­si­ve, co­me­çou co­mo treinador nas di­vi­sões de ba­se do Vi­tó­ria, no fi­nal dos anos 90, en­tão, não dei­xa de ser uma cria que vol­ta à To­ca do Leão mais ex­pe­ri­en­te.

O perfil de Cha­mus­ca obe­de­ce ao que o pre­si­den­te Ricardo Da­vid que­ria: um treinador que tra­ba­lha com a ba­se e tem experiência na Sé­rie B. Em 2013, no Sal­guei­ro, con­se­guiu o aces­so da Sé­rie D pa­ra a C. Três anos mais tar­de, pe­lo Gu­a­ra­ni, no­vo aces­so: des­sa vez, da C pa­ra B. Em 2017, seu tra­ba­lho de mai­or des­ta­que: le­vou o Ce­a­rá pa­ra a Sé­rie A e ain­da con­quis­tou o es­ta­du­al des­te ano.

Ini­ci­ou o Bra­si­lei­rão no co­man­do do Vo­zão, a quem ti­nha le­va­do pa­ra as se­mi­fi­nais da Co­pa do Nor­des­te, mas aca­bou de­mi­ti­do após uma der­ro­ta, coin­ci­den­te­men­te, pa­ra o Vi­tó­ria, no Bar­ra­dão, em maio. Cha­mus­ca as­si­nou com o Leão até o fi­nal de 2019.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.