Al­ta na ocu­pa­ção

Correio da Bahia - - Brasil -

A ho­te­la­ria de Sal­va­dor, um dos gran­des termô­me­tros do tu­ris­mo, en­cer­rou 2018 com um au­men­to de 7% na ocu­pa­ção mé­dia de lei­tos, na com­pa­ra­ção com o ano de 2017. Fo­ram ocu­pa­dos 62,33% dos lei­tos dis­po­ní­veis no ano pas­sa­do, con­tra 58,13% do ano an­te­ri­or, de acor­do com da­dos di­vul­ga­dos pe­la Fe­de­ra­ção Bai­a­na de Hos­pe­da­gem e Ali­men­ta­ção (Febha). Es­te foi o se­gun­do ano con­se­cu­ti­vo de cres­ci­men­to na mé­dia de ocu­pa­ção na ca­pi­tal bai­a­na, ape­sar do fe­cha­men­to do Cen­tro de Con­ven­ções da Bahia (CCB), o que pre­ju­di­cou bas­tan­te a ca­pi­ta­ção dos tu­ris­tas de even­tos, que equi­li­bram a bai­xa tem­po­ra­da.

AL­TA NA OCU­PA­ÇÃO

A pro­gra­ma­ção de fi­nal de ano do mu­ni­cí­pio vol­tou a sur­tir efei­to pa­ra a ho­te­la­ria. Em de­zem­bro pas­sa­do, a ocu­pa­ção mé­dia au­men­tou em 4,46 pon­tos per­cen­tu­ais em re­la­ção ao ano an­te­ri­or, al­can­çan­do uma ta­xa mé­dia de 64,615 dos lei­tos. Ago­ra em ja­nei­ro a pro­je­ção do se­tor é de que 85% dos lei­tos ho­te­lei­ros de Sal­va­dor es­te­jam ocu­pa­dos. Ca­so a pro­je­ção se con­fir­me, ha­ve­rá um cres­ci­men­to em re­la­ção aos 80% re­gis­tra­dos no ano pas­sa­do.

PO­DIA SER ME­LHOR

Ape­sar do qua­dro po­si­ti­vo, a si­tu­a­ção po­de­ria ser bem me­lhor, acre­di­ta o pre­si­den­te da Febha, Silvio Pes­soa, não fos­se o se­tor aé­reo. “In­fe­liz­men­te ja­nei­ro não se­rá um mês ex­cep­ci­o­nal, pois nos­so gran­de vi­lão se­rá o se­tor aé­reo, que re­pri­miu nos úl­ti­mos 10 me­ses e não au­men­tou a ofer­ta”, la­men­ta. Pa­ra o em­pre­sá­rio, “o au­men­to da pro­cu­ra ser­viu ape­nas pa­ra au­men­to das ta­ri­fas e a de­man­da foi re­gu­la­da”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.