EN­TRE­VIS­TA DA SE­MA­NA

Dinheiro Rural - - DINHEIRO EM AÇÃO - Mar­co Mec­chi , só­cio-fun­da­dor e CIO da MZK In­ves­ti­men­tos

O ges­tor da MZK In­ves­ti­men­tos, Mar­co Mec­chi, fi­cou por on­ze anos à fren­te da me­sa de tra­ding do HSBC, car­go que man­te­ve por mais um ano após a com­pra da ope­ra­ção do ban­co bri­tâ­ni­co no País pe­lo Bra­des­co. Desde que se ini­ci­a­ram as dis­cus­sões so­bre a ven­da do HSBC no Bra­sil, no en­tan­to, Mec­chi e ou­tros co­le­gas co­me­ça­ram a vis­lum­brar a pos­si­bi­li­da­de de cri­ar uma ges­to­ra pró­pria. Com o PDV aberto pe­lo Bra­des­co em ju­lho de 2017, eles re­sol­ve­ram dei­xar o ban­co da Ci­da­de de Deus, em Osas­co, e cri­ar a MZK, que foi ba­ti­za­da com as ini­ci­as dos prin­ci­pais só­ci­os – além de Mec­chi, Da­ni­lo Ma­ca­ri, Gus­ta­vo Me­ne­zes, Ro­nal­do Za­nin e An­dré Ki­taha­ra. Fun­da­da em me­a­dos de 2018, a ges­to­ra fo­ca­da em fun­dos mul­ti­mer­ca­dos tem atu­al­men­te cer­ca de R$ 280 mi­lhões em ati­vos sob ges­tão. Mec­chi con­ver­sou com a DI­NHEI­RO.

Co­mo a MZK tem se po­si­ci­o­na­do no mer­ca­do?

Gos­ta­mos de ati­vos pré-fi­xa­dos na cur­va de ju­ros. En­ten­de­mos que a cur­va ain­da es­tá in­cli­na­da e tem es­pa­ço pa­ra cair nos pró­xi­mos me­ses. Co­mo a in­fla­ção es­tá mui­to com­por­ta­da di­an­te do cres­ci­men­to fra­co, não en­xer­ga­mos ris­co de al­ta dos ju­ros pe­lo Ban­co Cen­tral. Pe­lo con­trá­rio, en­ten­de­mos que o ris­co, em­bo­ra pe­que­no, se­ja de que­da da Se­lic.

E a bol­sa? Após a re­a­li­za­ção re­cen­te sur­giu um bom pon­to de en­tra­da?

A bol­sa já caiu bas­tan­te desde as má­xi­mas e faz sen­ti­do in­ves­tir um pou­co ne­la pe­lo cres­ci­men­to que po­de vir no ano que vem. O de­sem­pe­nho da eco­no­mia em 2019 de­ve ser fra­co, mas pas­san­do as re­for­mas, co­mo a da pre­vi­dên­cia e a tri­bu­tá­ria, além das pri­va­ti­za­ções, a ex­pec­ta­ti­va é de re­to­ma­da dos in­ves­ti­men­tos pa­ra 2020.

Quais ati­vos vo­cês têm evi­ta­do?

O câm­bio. Após a que­da dos ju­ros a ta­xa de car­re­ga­men­to do Re­al em re­la­ção ao dó­lar fi­cou mui­to pe­que­na, e a vo­la­ti­li­da­de nes­se seg­men­to do mer­ca­do es­tá bas­tan­te ele­va­da.

“A bol­sa já caiu bas­tan­te e faz sen­ti­do in­ves­tir um pou­co ne­la pe­lo cres­ci­men­to que po­de vir no ano que vem”

QUEM É MAR­CO MEC­CHI Trabalhou por 11 anos co­mo res­pon­sá­vel pe­la me­sa de tra­ding do HSBC e por um ano no Bra­des­co Ini­ci­ou sua car­rei­ra no Ban­co Graphus, pas­san­do pe­lo Ban­co CCF e BNP Pa­ri­bas, on­de ocu­pou a po­si­ção de he­ad tra­der Gra­du­a­do em En­ge­nha­ria de Pro­du­ção pe­la Es­co­la Po­li­téc­ni­ca da Uni­ver­si­da­de de São Paulo (POLI-USP)

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.