Re­fe­rên­cia do gypsy jazz

Re­pre­sen­tan­te do jazz ci­ga­no, gui­tar­ris­ta Mau­ro Al­bert re­a­li­za workshop e show de lan­ça­men­to de CD em Lon­dri­na

Folha de Londrina - - Folha 2 - Mar­cos Ro­man Re­por­ta­gem Lo­cal

Um dos mai­o­res re­pre­sen­tan­tes do jazz ma­nou­che no País, o gui­tar­ris­ta e com­po­si­tor Mau­ro Al­bert de­sem­bar­ca em Lon­dri­na pa­ra apre­sen­tar wokshop e show cen­tra­dos no rit­mo ci­ga­no. O mú­si­co, que re­si­de em Flo­ri­a­nó­po­lis, mi­nis­tra ho­je, às 19 ho­ras, no au­di­tó­rio da Son­key, o mas­ter­class “Gypsy Jazz”, que traz um pa­no­ra­ma ge­ral so­bre o es­ti­lo mu­si­cal que une ma­tri­zes da mú­si­ca ame­ri­ca­na com so­ta­que eu­ro­peu. O ar­tis­ta apro­vei­ta a vi­si­ta à cidade pa­ra lan­çar o CD “Opt­chá”, oi­ta­vo ál­bum de sua car­rei­ra, que se­rá apre­sen­ta­do aos lon­dri­nen­ses em show que acon­te­ce ama­nhã, às 21 ho­ras, no Me­ni­na Bar.

Co­lu­nis­ta da re­vis­ta Gui­tar Player, Mau­ro Al­bert tem apre­sen­ta­do em di­ver­sas ci­da­des um workshop so­bre o jazz ci­ga­no, em que abor­da a his­tó­ria e ori­gem do gypsy jazz, os prin­ci­pais ar­tis­tas do gê­ne­ro e curiosidades so­bre a gui­tar­ra ma­nou­che, en­tre ou­tros tó­pi­cos. “É um mas­ter­class di­re­ci­o­na­do a mú­si­cos e não mú­si­cos. O workshop é to­do apos­ti­la­do e no fi­nal do even­to fa­re­mos al­gu­mas prá­ti­cas em con­jun­to en­tre os par­ti­ci­pan­tes”, afir­ma o gui­tar­ris­ta.

Du­ran­te o even­to, o mú­si- co - que tem pre­sen­ça con­fir­ma­da nos mai­o­res fes­ti­vais de jazz bra­si­lei­ros - da­rá de­ta­lhes ao pú­bli­co so­bre as prin­ci­pais ca­rac­te­rís­ti­cas do rit­mo ma­nou­che. “Uma das pe­cu­li­a­ri­da­des é que a ba­te­ria é um dos ins­tru­men­tos que não exis­tem no gypsy jazz. Ela é subs­ti­tuí­da pe­lo vi­o­lão rít­mi­co, que é res­pon­sá­vel por di­ver­sas nu­an­ces e im­pro­vi­sos que mar­cam es­te es­ti­lo mu­si­cal”, sa­li­en­ta.

Pes­qui­sa­dor da obra de Djan­go Rei­nhardt, con­si­de­ra­do o mai­or no­me do jazz ma­nou­che, Mau­ro Al­bert de­di­cou to­das as com­po­si­ções de seu mais re­cen­te ál- bum ao gui­tar­ris­ta fran­cês Louis Ples­sie, fa­le­ci­do há dois anos .“Ele foi meu ami­go emeu mes­tre e con­vi­veu por dé­ca­das co­ma fa­mí­lia de Rei­nhardt. Fi­ze­mos jun­tos al­gu­mas apre­sen­ta­ções em São Pau­lo até que ele foi obri­ga­do a en­cer­rar acar­rei ra­po res­tar de­bi­li­ta­do. En­tão no fi­nal do ano gra­vei o dis­co em ho­me­na­gem a ele”, des­ta­ca, acres­cen­tan­do que o CD foi lan­ça­do há um mês e ser­ve de ba­se pa­ra o show que apre­sen­ta­rá em Lon­dri­na.

Na apre­sen­ta­ção que acon­te­ce no Me­ni­na Bar, Al­bert es­ta­rá acom­pa­nha­do dos mú­si­cos lon­dri­nen­ses Cel­so Pa­che­co (vi­o­lão rít­mi­co), Ri­car­do Pe­nha ( con­tra­bai­xo acús­ti­co) e Wag­ner Cos­ta (vi­o­li­no). “Se­rá um re­en­con­tro com an­ti­gos par­cei­ros com os quais já me apre­sen­tei di­ver­sas ve­zes na cidade na épo­ca o gru­po se cha­ma­va Pou­cas e Bo­as”, res­sal­ta o gui­tar­ris­ta.

An­to­nio Tri­ve­lin/Di­vul­ga­ção

Mau­ro Al­bert: um dos mai­o­res re­pre­sen­tan­tes do jazz ma­nou­che no Bra­sil

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.