Co­lé­gio da PM: ex­pan­são bem-su­ce­di­da

Folha de Londrina - - Opinião -

Obom de­sem­pe­nho dos alu­nos de es­co­las mi­li­ta­res em exa­mes de ava­li­a­ção tem atraí­do a aten­ção de pais e es­tu­dan­tes, au­men­tan­do a pro­cu­ra por es­se ti­po de edu­ca­ção, que pre­za pe­la dis­ci­pli­na mais rí­gi­da, por no­ções de hi­e­rar­quia, res­pei­to e va­lo­ri­za­ção da me­ri­to­cra­cia. Is­so vem acon­te­cen­do em vá­ri­as re­giões e no Pa­ra­ná não é di­fe­ren­te.

O es­ta­do con­ta ho­je com dois co­lé­gi­os da Po­lí­cia Mi­li­tar, sen­do que o se­gun­do, lo­ca­li­za­do em Lon­dri­na, aca­ba de com­ple­tar um ano. Re­por­ta­gem des­te fim de se­ma­na (8 e 9) mos­tra que o de­sa­fio de ex­pan­dir pa­ra o in­te­ri­or a ex­pe­ri­ên­cia da uni­da­de de Cu­ri­ti­ba foi bem-su­ce­di­da. Tan­to que ou­tros mu­ni­cí­pi­os se ani­ma­ram e se can­di­da­tam a re­ce­ber um co­lé­gio ba­se­a­do na fi­lo­so­fia do tra­ba­lho edu­ca­ci­o­nal da PM. Mais du­as uni­da­des já es­tão ga­ran­ti­das nos mu­ni­cí­pi­os de Ma­rin­gá e Cor­né­lio Pro­có­pio em 2019 e os tra­ba­lhos pa­ra a im­plan­ta­ção em Foz do Igua­çu e Cas­ca­vel es­tão ca­mi­nhan­do. Elas são vin­cu­la­das à Aca­de­mia Po­li­ci­al Mi­li­tar do Gu­a­tu­pé.

Em Lon­dri­na, o Co­lé­gio Mi­li­tar fun­ci­o­na no pré­dio do an­ti­go Co­lé­gio São José. O pro­ces­so de trans­for­ma­ção da es­tru­tu­ra foi o mai­or de­sa­fio da no­va di­re­ção. Com o te­lha­do ar­rui­na­do e as ins­ta­la­ções em es­ta­do pre­cá­rio, o lo­cal já não atraia mais as fa­mí­li­as dos es­tu­dan­tes do Jar­dim Le­o­nor. A im­plan­ta­ção do no­vo co­lé­gio tam­bém foi uma pro­va de com­pro­me­ti­men­to da co­mu­ni­da­de com o pro­je­to. As fa­mí­li­as aju­da­ram o Es­ta­do na re­a­li­za­ção da obra de re­for­ma, que se pro­lon­gou du­ran­te o ano de 2018. São aten­di­dos 350 alu­nos de se­te mu­ni­cí­pi­os da re­gião, nú­me­ro que po­de do­brar nos pró­xi­mos dois anos. As pro­vas do pro­ces­so se­le­ti­vo pa­ra 2019 já fo­ram re­a­li­za­das. São ofer­ta­das 90 va­gas pa­ra o 6º ano do en­si­no fun­da­men­tal e ou­tras 66 pa­ra o 1º ano do en­si­no mé­dio. É pre­ci­so res­sal­tar que se tra­ta de uma par­ce­ria en­tre a po­lí­cia e a re­de es­ta­du­al, pois os pro­fes­so­res uti­li­zam os mes­mos ma­te­ri­ais di­dá­ti­cos. O que di­fe­re é a ofer­ta de mais ati­vi­da­des esportivas e do uso da dis­ci­pli­na mi­li­tar.

A ex­pan­são dos co­lé­gi­os da PM no Pa­ra­ná mos­tra a con­fi­an­ça que a co­mu­ni­da­de tem no tra­ba­lho da cor­po­ra­ção. Lem­bran­do que o te­ma da mi­li­ta­ri­za­ção tem si­do al­vo de de­ba­tes aca­lo­ra­dos em to­do o Bra­sil, a po­lê­mi­ca aca­ba atin­gin­do es­sas ins­ti­tui­ções de en­si­no, prin­ci­pal­men­te quanto ao mo­de­lo pe­da­gó­gi­co mais rí­gi­do. Po­rém, as bo­as no­tas dos alu­nos das es­co­las mi­li­ta­ri­za­das es­tão ven­cen­do a po­lê­mi­ca e atrain­do ca­da vez mais país e es­tu­dan­tes.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.