Li­ci­ta­ção do transporte

Folha de Londrina - - Entrevista -

A jus­ti­ça não aca­tou o aler­ta do Tri­bu­nal de Con­tas con­tra a li­ci­ta­ção do transporte co­le­ti­vo de Lon­dri­na, o que tam­bém não ga­ran­te a re­a­li­za­ção do cer­ta­me, já que no­vas os­ci­la­ções ju­di­ci­ais po­dem ocor­rer. A li­ci­ta­ção ha­vi­da em Cu­ri­ti­ba até ho­je não so­freu res­tri­ções, pos­to que al­vo da ope­ra­ção “Ri­qui­xá”, do Ga­e­co, e que abran­gia pro­ces­sos em ou­tras ci­da­des pa­ra­na­en­ses (Foz do Igua­çu, Ma­rin­gá, Gu­a­ra­pu­a­va) e bra­si­lei­ras e con­tou com o res­pal­do de de­la­ção pre­mi­a­da.

Per­ce­be-se a di­fi­cul­da­de de es­ta­be­le­cer se­gu­ran­ça nes­sas nor­mas, co­mo é vi­sí­vel na ca­pi­tal o des­ní­vel econô­mi­co, fi­nan­cei­ro e téc­ni­co das em­pre­sas que in­te­gram o car­tel oli­go­po­lís­ti­co e que ge­ram con­fli­tos de ina­dim­plên­cia con­tra­tu­al com es­sas or­ga­ni­za­ções pro­du­zin­do cri­ses no sis­te­ma com gre­ves su­ces­si­vas em ci­ma de des­cum­pri­men­to de nor­mas sin­ge­las de an­te­ci­pa­ção sa­la­ri­al, nas qu­ais o Mi­nis­té­rio Pú­bli­co do Tra­ba­lho de­tec­tou a exis­tên­cia de paredes que não pas­sa­vam de lo­cau­te pa­tro­nal.

Guar­da­das as pro­por­ções, a re­sis­tên­cia da Trans­por­tes Co­le­ti­vos Gran­de Lon­dri­na em não acei­tar os ter­mos da li­ci­ta­ção equi­va­le­ria às em­pre­sas dos Gu­lin de Cu­ri­ti­ba ado­ta­rem pos­tu­ra si­mi­lar na ca­pi­tal, o que se­ria im­pen­sá­vel.

Um de­ta­lhe in­te­res­san­te é que a sus­pen­são do pro­ces­so em Lon­dri­na foi to­ma­da pe­lo con­se­lhei­ro re­la­tor Ivan Le­lis Bo­ni­lha, do Tri­bu­nal de Con­tas, que co­mo pro­cu­ra­dor do mu­ni­cí­pio da ca­pi­tal ori­en­tou o pro­ces­so li­ci­ta­tó­rio lá re­a­li­za­do.

Per­sis­te a pe­num­bra por­que a CMTU, a Urbs lon­dri­nen­se, pa­ra en­fren­tar a emer­gên­cia pror­ro­gou por seis me­ses o con­tra­to e tal con­di­ção foi aca­ta­da, no meio da se­ma­na, pe­las du­as per­mis­si­o­ná­ri­as.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.