Co­rinthi­ans e San­tos em­pa­tam no pri­mei­ro tes­te do ano

Ca­ril­le e Sam­pa­o­li tes­tam boa par­te dos jo­ga­do­res de ca­da elen­co em jo­go em que cen­tro­a­van­te Gustavo re­es­treia com gol

Folha de Londrina - - De Primeira - JOÃO PRA­TA Agên­cia Es­ta­do

São Pau­lo - Co­rinthi­ans e San­tos em­pa­ta­ram por 1 a 1 em amis­to­so dis­pu­ta­do no do­min­go (13), em Ita­que­ra, no pri­mei­ro tes­te das equi­pes na tem­po­ra­da. Foi a opor­tu­ni­da­de ini­ci­al dos téc­ni­cos Fábio Ca­ril­le e Jor­ge Sam­pa­o­li ob­ser­va­rem os elen­cos pa­ra as com­pe­ti­ções de 2019. O du­e­lo ain­da va­lia o tro­féu Gyl­mar dos San­tos Ne­ves e o Co­rinthi­ans, que le­vou me­nos car­tões ama­re­los, fi­cou com a ta­ça no fi­nal.

Em cam­po, sob olha­res de 33 mil tor­ce­do­res, os dois trei­na­do­res ado­ta­ram es­tra­té­gi­as di­fe­ren­tes. Ca­ril­le op­tou por uma for­ma­ção mais de­fen­si­va, com a mar­ca­ção atrás do meio de cam­po. Dei­xa­va a bo­la com o ad­ver­sá­rio, co­mo é de pra­xe em su­as equi­pes. Sam­pa­o­li avi­sou em sua apre­sen­ta­ção que co­lo­ca­ria o San­tos pa­ra ata­car. Ele até ten­tou, mas en­con­trou di­fi­cul­da­de pa­ra fu­rar as li­nhas de­fen­si­vas do ad­ver­sá­rio.

O Co­rinthi­ans co­me­çou com uma equi­pe bas­tan­te mo­di­fi­ca­da em re­la­ção à tem­po­ra­da pas­sa­da. Os re­cém-con­tra­ta­dos Ri­chard, Ra­mi­ro, An­dré Luis e Sor­no­za en­tra­ram co­mo ti­tu­lar, além do cen­tro­a­van­te Gustavo, o Gus­ta­gol, que vol­tou de em­prés­ti­mo. Foi de­le o gol que abriu o pla­car, após cru­za­men­to de An­dré Luis.

No in­ter­va­lo, Gus­ta­gol agra­de­ceu a Ro­gé­rio Ce­ni, que foi seu trei­na­dor na tem­po­ra­da pas­sa­da no For­ta­le­za. “Sig­ni­fi­ca mui­to (o gol). De­pois que saí pro­cu­rei tra­ba­lhar fir­me, apren­der mais. Te­nho de agra­de­cer ao Ro­gé­rio Ce­ni (téc­ni­co do For­ta­le­za), que me aju­dou mui­to e ago­ra é dar con­ti­nui­da­de”, dis­se.

O San­tos, que pres­si­o­na­va mais, era me­nos efe­ti­vo e só con­se­guiu ser pe­ri­go­so em lan­ce de bo­la pa­ra­da e com a aju­da da za­ga do ad­ver­sá­rio. Após cru­za­men­to na área, Pe­dro Hen­ri­que des­vi­ou con­tra, pa­ra em­pa­tar.

As equi­pes vol­ta­ram sem al­te­ra­ções pa­ra o se­gun­do tem­po. Ca­ril­le es­pe­rou 15 mi­nu­tos e tro­cou o ti­me in­tei­ro. Sam­pa­o­li foi mu­dan­do aos pou­cos. O pri­mei­ro a en­trar foi Carlos San­chez, que era ti­tu­lar na tem­po­ra­da pas­sa­da. De­pois, re­a­li­zou ou­tras.

O Co­rinthi­ans per­deu a qua­li­da­de. O San­tos se­guiu me­lhor e che­gou a ba­lan­çar as re­des, mas No­gue­ra com­ple­tou pa­ra o gol em po­si­ção de im­pe­di­men­to. A par­ti­da tam­bém fi­cou mais trun­ca­da e ne­nhum dos go­lei­ros pre­ci­sou mais tra­ba­lhar.

Os ti­mes vol­ta­rão a cam­po no pró­xi­mo fim de se­ma­na, pe­la pri­mei­ra ro­da­da do Pau­lis­tão. No sá­ba­do, o San­tos re­ce­be­rá a Fer­ro­viá­ria, e, tam­bém em ca­sa, o Co­rinthi­ans te­rá pe­la fren­te o São Ca­e­ta­no, no do­min­go.

Mau­ro Ho­ri­ta/Es­ta­dão Con­teú­do

Gus­ta­gol já jus­ti­fi­cou o ape­li­do na re­es­treia com a ca­mi­sa co­rin­ti­a­na

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.