Va­ci­nas são obri­ga­tó­ri­as

Folha de Londrina - - Opinião -

Curitiba - A par­tir des­te mês já es­tá sen­do exi­gi­da a com­pro­va­ção das va­ci­nas obri­ga­tó­ri­as, pa­ra efei­to do re­ce­bi­men­to do sa­lá­rio-fa­mí­lia, em re­la­ção ás cri­an­ças que com­ple­ta­rem um ano de ida­de a par­tir de ju­lho de 1978, con­for­me de­ter­mi­na­ções do Mi­nis­té­rio da Saú­de, atra­vés da por­ta­ria 221, de maio do ano pas­sa­do, que dis­ci­pli­na a exi­gên­cia das imu­ni­za­ções em to­do o ter­ri­tó­rio bra­si­lei­ro. Ex­pli­cam as téc­ni­cas da Se­cre­ta­ria de Saú­de e Bem-es­tar So­ci­al que, quan­do a car­tei­ra de va­ci­na­ção for apre­sen­ta­da ao em­pre­ga­dor e ne­la não cons­tar a apli­ca­ção de to­das as va­ci­nas obri­ga­tó­ri­as, es­te de­ve­rá con­ce­der, ain­da, o pra­zo de até 6 me­ses pa­ra que o em­pre­ga­do com­pro­ve a apli­ca­ção do res­tan­te das va­ci­nas, sem que o pa­ga­men­to do sa­lá­ri­o­fa­mí­lia se­ja sus­pen­so.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.