Em ges­to a Bol­so­na­ro, EUA ago­ra apoi­am Bra­sil na OCDE

Washing­ton de­fen­de que país ocu­pe a va­ga que era da Ar­gen­ti­na na fi­la de pos­tu­lan­tes a va­ga no clu­be de ri­cos

Folha de S.Paulo - - Primeira Página - Ri­car­do Del­la Co­let­ta

Os EUA vão for­ma­li­zar que con­si­de­ram pri­o­ri­da­de o in­gres­so do Bra­sil na en­ti­da­de cri­a­da pe­los paí­ses ri­cos. Em ou­tu­bro, Washing­ton de­fen­deu a in­clu­são da Ar­gen­ti­na, o que pro­vo­cou crí­ti­cas ao ali­nha­men­to au­to­má­ti­co de Jair Bol­so­na­ro ao go­ver­no Do­nald Trump.

O ges­to ago­ra des­faz o ar­gu­men­to de que o país não es­ta­ria re­ce­ben­do na­da em tro­ca das con­ces­sões fei­tas aos ame­ri­ca­nos. O ad­ven­to de ges­tão pe­ro­nis­ta em Bu­e­nos Ai­res fa­vo­re­ceu a tro­ca.

O Bra­sil pre­ci­sa­rá ain­da do aval dos de­mais 35 mem­bros da OCDE.

bra­sí­lia Em um ges­to ao go­ver­no Jair Bol­so­na­ro, os Es­ta­dos Uni­dos vão for­ma­li­zar que con­si­de­ram uma pri­o­ri­da­de o in­gres­so do Bra­sil na OCDE (Or­ga­ni­za­ção pa­ra a Co­o­pe­ra­ção e De­sen­vol­vi­men­to Econô­mi­co).

Se­gun­do dis­se­ram in­ter­lo­cu­to­res à Folha, os ame­ri­ca­nos en­tre­ga­ram uma car­ta à or­ga­ni­za­ção ofi­ci­a­li­zan­do que que­rem que o Bra­sil se­ja o pró­xi­mo país a ini­ci­ar o pro­ces­so de ade­são à en­ti­da­de.

Na prá­ti­ca, a ação ame­ri­ca­na sig­ni­fi­ca que Washing­ton de­fen­de que o Bra­sil ocu­pe a va­ga que era da Ar­gen­ti­na na fi­la de pos­tu­lan­tes a um lu­gar no cha­ma­do clu­be dos paí­ses ri­cos.

“Os EUA que­rem que o Bra­sil se tor­ne o pró­xi­mo país a ini­ci­ar o pro­ces­so de ade­são à OCDE. O go­ver­no bra­si­lei­ro es­tá tra­ba­lhan­do pa­ra ali­nhar as su­as po­lí­ti­cas econô­mi­cas aos pa­drões da OCDE en­quan­to pri­o­ri­za a ade­são à or­ga­ni­za­ção pa­ra re­for­çar as su­as re­for­mas po­lí­ti­cas”, dis­se a em­bai­xa­da dos EUA em Bra­sí­lia.

Em ou­tu­bro, o se­cre­tá­rio de Es­ta­do dos EUA, Mi­ke Pom­peo, en­vi­ou um do­cu­men­to ao se­cre­tá­rio-ge­ral da en­ti­da­de, Án­gel Gur­ría, em que di­zia que Washing­ton de­fen­dia as can­di­da­tu­ras ime­di­a­tas ape­nas de Ar­gen­ti­na e Ro­mê­nia.

A au­sên­cia do Bra­sil na­que­le do­cu­men­to ge­rou quei­xas de que o ali­nha­men­to de Bol­so­na­ro com o pre­si­den­te Do­nald Trump não es­ta­ria tra­zen­do os re­sul­ta­dos es­pe­ra­dos.

Em­bo­ra a re­a­ção ne­ga­ti­va no Bra­sil te­nha le­va­do Pom­peo a di­zer que a car­ta não re­pre­sen­ta­va “com pre­ci­são” a opinião ame­ri­ca­na, a fal­ta de um en­dos­so mais ex­plí­ci­to acen­tu­ou as crí­ti­cas em Bra­sí­lia con­tra o ali­nha­men­to com os EUA.

Ago­ra, a for­ma­li­za­ção do apoio foi cos­tu­ra­da em Washing­ton jus­ta­men­te pa­ra re­ba­ter os ar­gu­men­tos de que o Bra­sil não es­ta­ria re­ce­ben­do na­da em tro­ca das con­ces­sões fei­tas aos ame­ri­ca­nos.

Pre­o­cu­pa­ram os ame­ri­ca­nos, por exem­plo, de­cla­ra­ções do pre­si­den­te da Câ­ma­ra, Ro­dri­go Maia (DEM-RJ), con­tra a po­lí­ti­ca de ali­nha­men­to au­to­má­ti­co do Bra­sil com os EUA.

“A nos­sa de­ci­são de pri­o­ri­zar a can­di­da­tu­ra do Bra­sil co­mo o pró­xi­mo país a ini­ci­ar o pro­ces­so é uma evo­lu­ção na­tu­ral do com­pro­mis­so re­a­fir­ma­do pe­lo se­cre­tá­rio de Es­ta­do e pe­lo pre­si­den­te Trump em ou­tu­bro de 2019”, acres­cen­tou a mis­são di­plo­má­ti­ca.

A can­di­da­tu­ra do Bra­sil à OCDE vi­nha sen­do tra­ba­lha­da des­de o go­ver­no Mi­chel Te­mer e se tor­nou uma pri­o­ri­da­de da atu­al ad­mi­nis­tra­ção.

Na vi­si­ta oficial de Bol­so­na­ro a Washing­ton, em mar­ço de 2019, Trump afir­mou apoi­ar as pre­ten­sões do Bra­sil. Mas des­de en­tão a fal­ta de com­pro­mis­sos mais cla­ros dos ame­ri­ca­nos e a car­ta de Pom­peo ge­ra­ram frus­tra­ções no go­ver­no bra­si­lei­ro.

De acor­do com pes­so­as que acom­pa­nham o te­ma, os EUA ago­ra que­rem que o Bra­sil “fu­re a fi­la” e ocu­pe o lo­cal que era da Ar­gen­ti­na.

Até o fi­nal do ano pas­sa­do a Ar­gen­ti­na era go­ver­na­da pe­lo li­be­ral Mau­ri­cio Ma­cri, o que for­ta­le­cia o plei­to do país pe­lo in­gres­so na OCDE.

Com a vi­tó­ria do pe­ro­nis­ta Al­ber­to Fer­nán­dez, os ame­ri­ca­nos pas­sa­ram a con­si­de­rar que as no­vas au­to­ri­da­des em Bu­e­nos Ai­res dei­xa­ram de ver a en­tra­da na or­ga­ni­za­ção no cha­ma­do clu­be dos paí­ses ri­cos co­mo uma pri­o­ri­da­de. Is­so per­mi­tiu que a ope­ra­ção de tro­ca fos­se re­a­li­za­da.

Ape­sar de o ges­to de Trump re­pre­sen­tar um trun­fo pa­ra Bol­so­na­ro, o Bra­sil só efe­ti­va­men­te ini­ci­a­rá o trâ­mi­te de ade­são à OCDE após o aval dos de­mais mem­bros — atu­al­men­te são 36 paí­ses.

Em­bo­ra a en­tra­da do Bra­sil con­te com am­plo apoio, no­vos in­te­gran­tes não de­vem ser acei­tos até que a OCDE con­clua uma ne­go­ci­a­ção so­bre o seu rit­mo de ex­pan­são.

Os eu­ro­peus, por exem­plo, que­rem que mais paí­ses se­jam acei­tos, en­quan­to os ame­ri­ca­nos ad­vo­gam por uma am­pli­a­ção mais mo­de­ra­da.

Mes­mo com a so­lu­ção des­sa dis­pu­ta, o trâ­mi­te de en­tra­da na OCDE é lon­go. In­ter­lo­cu­to­res no go­ver­no dis­se­ram à Folha que o pro­ces­so bra­si­lei­ro, de­pois de ini­ci­a­do, não de­ve se con­cluir em me­nos de três anos.

Ke­vin La­mar­que - 28.jun.19/Reu­ters

Os pre­si­den­tes Jair Bol­so­na­ro e Do­nald Trump du­ran­te en­con­tro do G20 em Osa­ka, no Ja­pão

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.