Gru­pos evan­gé­li­cos re­pu­di­am e pe­dem saí­da de pre­si­den­te

Folha de S.Paulo - - Primeira Página - Thai­za Pau­lu­ze

Uma car­ta as­si­na­da por 34 or­ga­ni­za­ções e mo­vi­men­tos evan­gé­li­cos pe­de o afas­ta­men­to de Jair Bol­so­na­ro da Pre­si­dên­cia, de­fen­de o iso­la­men­to so­ci­al, apoia a ci­ên­cia e pe­de que as igre­jas fi­quem com as por­tas fe­cha­das.

“Elas [igre­jas] po­dem fa­ci­li­tar a in­ser­ção de fa­mí­li­as po­bres no aces­so a au­xí­lio. Mas, a de­sin­for­ma­ção e a dis­se­mi­na­ção de fa­ke news, até pro­mo­vi­das por Jair Bol­so­na­ro, têm co­lo­ca­do a vi­da de ir­mãos e ir­mãs em ris­co Caio Mar­çal da co­or­de­na­ção na­ci­o­nal da Re­de Fa­le, uma das sig­na­tá­ri­as da car­ta

são pau­lo Uma car­ta as­si­na­da por 34 or­ga­ni­za­ções e mo­vi­men­tos evan­gé­li­cos pe­de afas­ta­men­to de Jair Bol­so­na­ro (sem par­ti­do) da Pre­si­dên­cia, de­fen­de o iso­la­men­to so­ci­al pa­ra con­ter a pan­de­mia do no­vo co­ro­na­ví­rus, apoia a ci­ên­cia e pe­de que igre­jas fi­quem com as por­tas fe­cha­das.

Bol­so­na­ro foi elei­to com apoio de fiéis e lí­de­res do seg­men­to re­li­gi­o­so. Mas par­te dos evan­gé­li­cos diz que Bol­so­na­ro tem se com­por­ta­do de for­ma an­tié­ti­ca e “da­do pro­vas de que não es­tá à al­tu­ra do car­go”.

O do­cu­men­to in­ti­tu­la­do “O go­ver­nan­te sem dis­cer­ni­men­to au­men­ta as opres­sões - Um cla­mor de fé pe­lo Bra­sil” diz que o go­ver­no fe­de­ral “aten­ta con­tra a vi­da hu­ma­na ao in­vés de pra­ti­car a jus­ti­ça e com­pai­xão pe­los po­bres”, re­fe­rin­do­se a uma pas­sa­gem bí­bli­ca.

As or­ga­ni­za­ções tam­bém de­cla­ram apoio às uni­ver­si­da­des e aos cen­tros de pes­qui­sa, aos pes­qui­sa­do­res e ci­en­tis­tas, e di­zem re­pu­di­ar os pro­nun­ci­a­men­tos de Bol­so­na­ro con­trá­ri­os às re­co­men­da­ções de es­pe­ci­a­lis­tas da saú­de.

“Re­co­nhe­ce­mos a ci­ên­cia co­mo dom de Deus pa­ra cui­dar da vi­da hu­ma­na e to­da a sua cri­a­ção. A fé e a ci­ên­cia são ali­a­das, ca­mi­nham jun­tas e exal­tam o po­der di­vi­no”, diz o tex­to. “Nos­sa gra­ti­dão e so­li­da­ri­e­da­de pa­ra com os pro­fis­si­o­nais de saú­de que têm ex­pe­ri­men­ta­do gran­de des­gas­te fí­si­co e emo­ci­o­nal.”

As en­ti­da­des ma­ni­fes­tam so­li­da­ri­e­da­de e lu­to pe­los 20 mil mor­tos por Co­vid-19 no país e pe­dem que igre­jas não pro­mo­vam cul­tos pú­bli­cos, com aglo­me­ra­ção, mas sim usem su­as es­tru­tu­ras pa­ra aju­dar no com­ba­te da pan­de­mia.

Na pe­ri­fe­ria pau­lis­ta­na, igre­jas evan­gé­li­cas man­têm cul­tos pre­sen­ci­ais, co­mo a Ple­ni­tu­de do Tro­no de Deus, em Gu­ai­a­na­ses (zo­na les­te), a igre­ja Paz e Vi­da, em Ci­da­de Ade­mar( zo­na sul ), além de vá­ri­a­sun ida­des da Deu sé Amo­re aA­dap (As­sem­bléia de Deus Mi­nis­té­rio Apos­tó­li­co), em Poá.

Tam­bém há igre­jas que ado­ta­ram os cul­tos on­li­ne e ou­tras que fe­cha­ram o es­pa­ço pa­ra aglo­me­ra­ções, mas o dei­xam aber­to pa­ra quem pro­cu­ra.

As igre­jas ob­ti­ve­ram em de­cre­to pre­si­den­ci­al, con­tes­ta­do na Jus­ti­ça, o sta­tus de ati­vi­da­de es­sen­ci­al, o que per­mi­te que con­ti­nu­em re­ce­ben­do pú­bli­co.

Acar­ta co­bra que pre­fei­tu­ras e go­ver­nos es­ta­du­ais ga­ran­ta­mo iso­la­men­to so­ci­al.

“Não há ra­zo­a­bi­li­da­de em se opor acri­se nas aú­deà cri­se econô­mi­ca. É fal­sa tal di­vi­são. Não se po­de mi­ni­mi­zar uma si­tu­a­ção de pan­de­mia em fa­vor de lu­cros”, afir­ma o tex­to.

O gru­po pro­põe que o Tri­bu­nal Su­pe­ri­or Elei­to­ral pro­ce­da o jul­ga­men­to das Ações de In­ves­ti­ga­ção Ju­di­ci­al que pe­dem a cas­sa­ção da cha­pa de Bol­so­na­ro e Ha­mil­ton Mou­rão, em ra­zão da dis­se­mi­na­ção de fa­ke news na cam­pa­nha elei­to­ral.

En­tre os que as­si­nam es­tão a Ali­an­ça de Ba­tis­tas do Bra­sil, Cris­tãos Con­tra o Fas­cis­mo, Co­mu­ni­da­de Cris­tã da La­pa, Con­gre­ga, Cris­tãos pe­la Jus­ti­ça, Evan­gé­li­cos pe­la Jus­ti­ça, Evan­gé­li­cos Tra­ba­lhis­tas (li­ga­dos ao PDT), Fren­te de Evan­gé­li­cos pe­lo Es­ta­do de Di­rei­to, Ins­ti­tu­to Gu­a­ra­ni, Li­ber­ta, Mis­são Ali­an­ça, Nos­sa Igre­ja Bra­si­lei­ra, Mo­vi­men­to Ne­gro Evan­gé­li­co e Nú­cleo de Evan­gé­li­cas e Evan­gé­li­cos do PT.

Os evan­gé­li­cos, po­rém, ten­dem a ava­li­ar de for­ma mais po­si­ti­va Bol­so­na­ro e a re­la­ti­vi­zar a pan­de­mia, se­gun­do pes­qui­sa Da­ta­fo­lha fei­ta no iní­cio de abril. O ín­di­ce de óti­mo ou bom atri­buí­do à con­du­ção da cri­se pe­lo pre­si­den­te pas­sa de 33% na po­pu­la­ção em ge­ral pa­ra 41% quan­do con­si­de­ra­dos só os evan­gé­li­cos.

En­quan­to na po­pu­la­ção em ge­ral 37% con­si­de­ram que a po­pu­la­ção de­ve sair pa­ra tra­ba­lhar, em vez de fi­car em iso­la­men­to, en­tre evan­gé­li­cos es­se nú­me­ro so­be pa­ra 44%.

Bol­so­na­ro cos­tu­ma fa­zer ges­tos ao seg­men­to re­li­gi­o­so, co­mo com­pa­re­cer a even­tos, e já fa­lou em no­me­ar pa­ra o STF mi­nis­tro “ter­ri­vel­men­te evan­gé­li­co”. O pre­si­den­te se de­cla­ra ca­tó­li­co, mas sua mu­lher, Mi­chel­le, é evan­gé­li­ca.

Nil­za Va­lé­ria, in­te­gran­te da co­or­de­na­ção na­ci­o­nal da Fren­te de Evan­gé­li­cos pe­lo Es­ta­do de Di­rei­to, sig­na­tá­ria da car­ta, cri­ti­ca o no­vo pro­to­co­lo do Mi­nis­té­rio da Jus­ti­ça so­bre o uso da clo­ro­qui­na, di­vul­ga­do nes­ta quar­ta (20). “Não é o pre­si­den­te que de­ter­mi­na o me­di­ca­men­te que de­ve ser usa­do.”

Caio Mar­çal, da Re­de Fa­le, que as­si­na a car­ta, diz que há fal­so di­le­ma de que a re­li­gião se opõe à ci­ên­cia. “O sa­ber é di­vi­no. Quan­do se tra­ba­lha con­tra a ci­ên­cia, se des­me­re­ce a ação cri­a­ti­va da­da por Deus aos se­res hu­ma­nos pa­ra que pos­sam de­sen­vol­ver mé­to­dos de pro­te­ção das vi­das.”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.