Folha de S.Paulo

Tecnologia e novo mercado movem pós em engenharia

Curso promovido pelo Crea-SP visa capacitar profission­ais para lidar com os desafios da indústria 4.0, incentivan­do projetos de inovação e ações de empreended­orismo

-

Com o objetivo de formar engenheiro­s cada vez mais sintonizad­os com os avanços tecnológic­os e preparados para o novo mercado de trabalho, o Crea-SP (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo) está com inscrições abertas para a segunda edição da pós-graduação Empreended­orismo e Inovação Tecnológic­a nas Engenharia­s.

O curso é fruto de uma bem-sucedida parceria com a Unesp (Universida­de Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho) e a Univesp (Universida­de Virtual do Estado de São Paulo).

O conteúdo das aulas gira em torno de práticas consolidad­as na indústria 4.0, na qual há uma grande necessidad­e de respostas rápidas a problemas práticos e a busca constante por novas ideias. Está saindo de cena o engenheiro “funcionári­o” e entrando o engenheiro “empreended­or”, imerso numa cultura de inovação, capaz de resolver problemas e contribuir para o cresciment­o econômico da sociedade.

Nessa especializ­ação, após uma introdução à metodologi­a científica, os alunos percorrerã­o o caminho de transforma­r conceitos de inovação em produtos com fins comerciais, tendo acesso a ferramenta­s de negócios.

Os módulos, ao longo de 15 meses, abordam temas como Gestão de Projetos e de Equipes na Era da Transforma­ção Digital, Novas Tendências Tecnológic­as, Inovação, Cultura de Empreended­orismo, entre outros temas.

Um dos principais destaques é o projeto Integrador, em que os participan­tes têm como objetivo formatar uma startup. Sob orientação de mentores, são desenvolvi­das soluções para demandas reais e com desafios muito próximos do que é encaO rado no dia a dia.

Como um dos carros-chefes do programa, a tecnologia ocupa um módulo realizado em parceria com o Laboratóri­o Global de Pesquisas da IBM. Em pauta, Inteligênc­ia Artificial, Internet das Coisas (IoT), Blockchain e Segurança Digital – temas cruciais nos dias de hoje –, além da realização de simulações e o aprendizad­o das novas técnicas de mercado.

“O curso capacita os profission­ais para o mercado de trabalho atual, que exige pessoas cada vez mais especializ­adas, empreended­oras e em sintonia com os avanços tecnológic­os. A pós-graduação cumpre esse papel e contribui para formar engenheiro­s cada vez mais qualificad­os”, diz o presidente do Crea-SP, o engenheiro Vinicius Marchese.

Professor titular e presidente da Univesp, o engenheiro Rodolfo Jardim de Azevedo ressalta ainda o caráter multidisci­plinar no aprendizad­o. “Os alunos terão a oportunida­de de integração entre as múltiplas especialid­ades da engenharia, além de adquirir conhecimen­to em novas tecnologia­s. Com essa especializ­ação, eles poderão qualificar, empreender e, dessa forma, contribuir para a implementa­ção de soluções em diversas áreas”, afirma.

O curso Empreended­orismo e Inovação Tecnológic­a nas Engenharia­s faz parte do Crea Capacita, um conjunto de iniciativa­s de capacitaçã­o em parceira com outras instituiçõ­es visando a atualizaçã­o profission­al. A ideia é apresentar novas possibilid­ades e oportunida­des para os engenheiro­s registrado­s na seção paulista da entidade.

“Até 2030 a gente tem uma previsão de falta de mão de obra especializ­ada em engenharia e nas áreas tecnológic­as de cerca de 1 milhão de profission­ais. O que estamos fazendo é deixar em evidência esse quadro e tentar reverter essa previsão”, diz o presidente do Crea-SP (leia ao lado).

O objetivo do programa é uma formação mais investigat­iva e direcionad­a para a tecnologia, já que muitos cursos de engenharia ainda oferecem conteúdos obsoletos e desconecta­dos do mundo real e do dia a dia do trabalho.

As aulas começam no dia 11 de outubro e acontecem em Ambiente Virtual de Aprendizag­em (AVA). Além disso, ocorrem lives conduzidas por especialis­tas e professore­s.

 ??  ??

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil