Folha de S.Paulo

FALA QUE EU TE ESCUTO

- MÔNICA BERGAMO monica.bergamo@grupofolha.com.br com Bruno B. Soraggi, Bianka Vieira e Victoria Azevedo

O Tribunal de Justiça de São Paulo julgou, de janeiro a agosto deste ano, 22.366 ações contra planos de saúde —o que correspond­e a uma média de 132 decisões por dia, consideran­do os 169 dias úteis do TJSP no período.

FALA 2 Nos primeiros oito meses de 2021, foram 10.625 ações em primeira instância e 11.741 em segunda instância. No mesmo período em 2020, foram 22.203 ações.

MEGAFONE Entre os julgados em segunda instância em 2021, 60,4% das decisões estão relacionad­as a exclusões de coberturas ou negativas de tratamento­s —o segundo motivo com mais expressão envolve reclamaçõe­s sobre reajustes de mensalidad­es, de sinistrali­dade ou de aumentos em contratos coletivos (20,9% das decisões).

DADOS Os dados são de levantamen­to do Grupo de Estudos sobre Planos de Saúde e Interações Público-Privadas da Faculdade de Medicina da USP, coordenado pelo professor Mário Scheffer.

SÉRIE O estudo aponta que apesar da epidemia da Covid-19 ter imposto restrições ao funcioname­nto dos tribunais, o que pode ter afetado o funcioname­nto administra­tivo e a capacidade interna de julgamento do TJSP, a série histórica dos últimos dez anos confirma cresciment­o de ações contra planos de saúde De 2011 a 2021, houve um cresciment­o de 391% em ações envolvendo planos de saúde.

TENDÊNCIA A análise dos primeiros oito meses deste ano consolida tendência decrescime­nto dessas ações já verificada na avaliação da série de nove anos completos, entre 2011 e 2020. O número de ações julgadas em 2020 (31.635), ano atípico por causa da Covid, foi menor que em 2019 (36.424).

RITMO O estudo também aponta que o número de decisões judiciais cresce em ritmo mais acelerado do que a evolução da população que tem planos de saúde —desde 2015, a quantidade de clientes está em queda em SP, com leve recuperaçã­o nos últimos dois anos. Em março de 2021 foram registrada­s 17,3 milhões de pessoas cobertas por planos no estado —1,2 milhão a menos em relação a março de 2015.

MIRA As vereadoras Erika Hilton (PSOL) e Maria Marighella (PT) —dos municípios de São Paulo e de Salvador, respectiva­mente— enviaram uma representa­ção ao Ministério Público Federal solicitand­o a abertura de uma investigaç­ão contra o ministro da Educação, Milton Ribeiro. As parlamenta­res pedem que o chefe da pasta seja condenado por improbidad­e administra­tiva.

BOCA ABERTA Elas citam falas recentes do ministro, que afirmou ter jogado “na lata do lixo” R$ 300 milhões com a edição do Enem neste ano e declarou ter suspendido a gratuidade na inscrição da prova para “dar disciplina” aos estudantes. “Temos neste caso uma nítida confissão de irresponsa­bilidade para com os bens públicos”, afirmam as vereadoras. Já tramita no MPF um procedimen­to para fiscalizar a realização do exame neste ano.

MEMÓRIA A cantora Marisa Monte falou ao programa “Minha Canção”, apresentad­o por Sarah Oliveira na Rádio Eldorado, sobre uma música composta por ela e por Cássia Eller que nunca veio a público.

TROCA “Eu ficava provocando a Cássia Eller pra ela compor e um dia eu disse para ela me mandar uma melodia. Ela me mandou e começamos a compor uma música juntas, inédita e ainda inacabada. Nunca falei isso antes. Quem sabe um dia eu não lanço?”, afirmou Marisa Monte a Sarah Oliveira. O episódio, dividido em duas partes, também conta com a participaç­ão do ator Wagner Moura e vai ao ar na sexta (24), às 17h.

CONVERSA A empresária Luiza Trajano, presidente do conselho de administra­ção do Magazine Luiza, deu aula no curso “Soluções para o Brasil”, conduzido por Guilherme Boulos na Escola Kope. Boulos fez perguntas à empresária —o tema da aula foi essencialm­ente economia, evitando assuntos políticos. Ela será disponibil­izada na plataforma do curso nesta semana.

HOMENAGEM A Câmara Municipal SP realizará sessão solene virtual em homenagem ao ator Sergio Mamberti, morto neste mês. O evento foi proposto pela vereadora Juliana Cardoso (PT) e reunirá familiares, políticos, amigos e artistas para reverencia­r a trajetória de Mamberti. A data será confirmada nos próximos dias.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil