lo­ja de pre­sen­tes de ca­sa­men­to

Mar­ca pró­pria e ga­ma de pro­du­tos atra­em pú­bli­co fe­mi­ni­no (33%)

Folha de S.Paulo - Saopaulo - - Contents - Re­na­ta He­le­na Ro­dri­gues

Que ati­re a pri­mei­ra pe­dra quem nun­ca se de­cep­ci­o­nou com o par de mei­as em­bru­lha­do sob a ár­vo­re de Na­tal ou frus­trou-se com a lem­bran­ci­nha do ami­go se­cre­to. O ca­sa­men­to é uma das pou­cas oca­siões em que é pos­sí­vel es­co­lher exa­ta­men­te o que se quer ga­nhar: mo­de­lo, cor e quan­ti­da­de.

E qu­an­do che­ga a ho­ra de elen­car os mi­mos, a Ca­mi­ca­do se­gue na li­de­ran­ça en­tre os pau­lis­ta­nos. A mar­ca le­va, nes­te ano, o se­gun­do prê­mio con­se­cu­ti­vo, des­ta vez com 26% das men­ções (em 2017, fo­ram 22%).

O su­ces­so re­fle­te o dia a dia dos cem en- de­re­ços em ter­ri­tó­rio na­ci­o­nal. Ex­pli­ca-se: to­dos os me­ses são cri­a­das, em mé­dia, 25 mil lis­tas de ca­sa­men­to nas lojas e pe­lo si­te.

Um dos mo­ti­vos é o am­plo le­que de pro­du­tos, com itens de ca­ma, me­sa e ba­nho, pe­ças de­co­ra­ti­vas, uten­sí­li­os cu­li­ná­ri­os e ele­tro­por­tá­teis. Mui­tos são de mar­ca pró­pria.

Cri­a­da em 1981 pe­los ir­mãos Mi­no­lu, Ma­ria e Ma­riê Ca­mi­ca­do, a re­de ope­ra des­de 2011 sob o guar­da-chu­va do gru­po Ren­ner. Pa­ra 2018, o pla­no é cres­cer. “Va­mos inau­gu­rar uni­da­des prin­ci­pal­men­te no Nor­te”, diz o ge­ren­te-ge­ral An­dré Oli­vei­ra.

São Pau­lo foi on­de tu­do co­me­çou. Aqui nas­ceu a Ca­mi­ca­do e as pri­mei­ras lojas da mar­ca. Qu­an­do a Ren­ner ad­qui­riu a re­de, a ca­pi­tal se­guiu co­mo fo­co prin­ci­pal e ho­je é nos­so mai­or mer­ca­do AN­DRÉ OLI­VEI­RA ge­ren­te-ge­ral da Ca­mi­ca­do

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.