BI­CHOS

Folha De S.Paulo - Saopaulo - - Ín­di­ce -

Ex-ca­sais ga­nham di­rei­to de vi­si­tar ani­mais que cri­a­ram jun­tos

Ago­ra é ofi­ci­al: após a se­pa­ra­ção, ho­mens e mulheres têm di­rei­to à vi­si­ta de ani­mais de es­ti­ma­ção que cri­a­vam com os ex-com­pa­nhei­ros. A de­ci­são é iné­di­ta na Jus­ti­ça bra­si­lei­ra e foi to­ma­da na úl­ti­ma ter­ça­fei­ra pe­lo Su­pe­ri­or Tri­bu­nal de Jus­ti­ça no ca­so de Ki­mi, uma ca­chor­ri­nha da ra­ça yorkshi­re, ho­je com no­ve anos.

Ki­mi foi com­pra­da em 2008 e ia pa­ra to­da a par­te com o ca­sal, um ad­mi­nis­tra­dor de sis­te­mas e uma ma­qui­a­do­ra.

Foi as­sim até ju­lho de 2011, quan­do eles se se­pa­ra­ram, após se­te anos de união es­tá­vel, sem ou­tros fi­lhos. A mãe de Ki­mi —co­mo eles se tra­ta­vam— pas­sou a proi­bir as vi­si­tas do pai, e ele foi à Jus­ti­ça.

Na 2ª Va­ra Cí­vel do Ta­tu­a­pé, o re­vés: o juiz re­jei­tou a ação por inép­cia —ter­mo téc­ni­co apli­ca­doàs­cau­sas­que­são­ab­sur­das­po­ral­gum mo­ti­vo (nes­se ca­so, por se tra­tar de al­go que nem es­tá pre­vis­to no or­de­na­men­to ju­rí­di­co).

Até en­tão, al­guns juí­zes en­ten­di­am que os bi­chos são bens com­pa­rá­veis a ob­je­tos ina­ni­ma­dos e, co­mo tais, de­vem ser par­ti­lha­dos.

Até en­tão... Por­que o ad­mi­nis­tra­dor de sis­te­mas Vi­ni­cius Men­dro­ni, 41, re­cor­reu ao Tri­bu­nal de Jus­ti­ça. E ga­nhou.

O de­sem­bar­ga­dor J.L. Mô­na­co da Silva, da 5ª Câ­ma­ra de Di­rei­to Pri­va­do, re­co­nhe­ceu que a re­la­ção afe­ti­va en­tre hu­ma­nos e ani­mais não es­tá re­gu­la­da em lei, mas afir­mou que o vín­cu­lo atu­al­men­te é no­tó­rio e, por­tan­to, a re­so­lu­ção do conflito de­ve le­var em con­ta o fa­to de o ani­mal ter si­do ad­qui­ri­do pa­ra pro­por­ci­o­nar afe­to, não ri­que­za.

A ex-mu­lher re­cor­reu. E, ago­ra, três dos cin­co mi­nis­tros da quar­ta tur­ma do STJ con­cor­da­ram com o de­sem­bar­ga­dor Mô­na­co.

Se­te anos de­pois do iní­cio da ba­ta­lha ju­di­ci­al, Vi­ni­cius tem as­se­gu­ra­do o di­rei­to de vi­si­tar Ki­mi a ca­da 15 di­as e em fe­ri­a­dos, de for­ma al­ter­na­da, além de par­ti­ci­par ati­va­men­te da vi­da do ani­mal, le­van­do ao mé­di­co, ao ba­nho e pa­ra on­de mais ela pre­ci­sar ir.

Pa­ra Vi­ni­cius, a de­ci­são não po­de­ria ser ou­tra. “Não te­nho ver­go­nha de di­zer: pa­ra mim, Ki­mi é uma filha.”

A Jus­ti­ça en­ten­deu.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.