For­ta­le­za nor­des­ti­na

Folha De S.Paulo - - Opinião - Bruno Boghos­si­an

O gran­de tes­te de trans­fe­rên­cia de vo­tos de Lu­la se da­rá no Nor­des­te. A re­gião, que se trans­for­mou em for­ta­le­za pe­tis­ta, con­cen­tra o mai­or nú­me­ro de ór­fãos do ex-pre­si­den­te quan­do seu no­me não apa­re­ce nas pes­qui­sas. O PT te­rá o de­sa­fio de le­var qua­se 20 mi­lhões de lu­lis­tas às ur­nas em ou­tu­bro pa­ra vo­tar em um no­me di­fe­ren­te.

O ex-pre­si­den­te tem o apoio de qua­se 50% dos nor­des­ti­nos, mas Fer­nan­do Had­dad ain­da é um vir­tu­al des­co­nhe­ci­do. Em si­mu­la­ções de se­gun­do tur­no na re­gião, o subs­ti­tu­to de Lu­la fi­ca tec­ni­ca­men­te em­pa­ta­do com Jair Bol­so­na­ro (25% a 28%), per­de pa­ra Ge­ral­do Alck­min (30% a 21%) e to­ma uma la­va­da de Ci­ro Go­mes (40% a 14%).

A es­pe­ran­ça dos pe­tis­tas es­tá no es­to­que de elei­to­res sem can­di­da­to. Com Lu­la fo­ra da pa­ra­da, pe­lo me­nos 4 a ca­da 10 mo­ra­do­res da re­gião não sa­bem quem es­co­lher ou de­cla­ram vo­to em bran­co ou nu­lo.

Da pri­são, o ex-pre­si­den­te azei­tou a es­tru­tu­ra par­ti­dá­ria do PT e de seus ali­a­dos pa­ra dar a lar­ga­da em uma trans­fe­rên­cia em mas­sa de vo­tos quan­do Had­dad for ofi­ci­al­men­te un­gi­do co­mo seu subs­ti­tu­to.

Lu­la cos­tu­rou ali­an­ças for­mais e in­for­mais pa­ra ga­ran­tir he­ge­mo­nia na re­gião. Dos 9 go­ver­na­do­res, 7 de­cla­ram apoio a seu no­me.

O ob­je­ti­vo dos pe­tis­tas é ex­plo­rar as má­qui­nas es­ta­du­ais pa­ra evi­tar que os vo­tos de Lu­la se dis­si­pem pe­lo ca­mi­nho. Se o ex-pre­si­den­te con­se­guir pas­sar adi­an­te dois ter­ços de seus vo­tos no Nor­des­te, co­mo apon­tam as pes­qui­sas, Had­dad te­ria, de saí­da, 9% da vo­ta­ção na­ci­o­nal.

O ex-pre­si­den­te for­ta­le­ceu “gol­pis­tas” co­mo o ce­a­ren­se Eu­ní­cio Oliveira (MDB) e o ala­go­a­no Re­nan Ca­lhei­ros (MDB); man­te­ve boa re­la­ção com o clã Sar­ney no Ma­ra­nhão, ape­sar de apoi­ar Flá­vio Di­no (PC do B); e atro­pe­lou o PT per­nam­bu­ca­no pa­ra apoi­ar Pau­lo Câ­ma­ra (PSB).

To­dos eles que­rem pe­gar carona na po­pu­la­ri­da­de de Lu­la, mas tal­vez não te­nham o mes­mo en­tu­si­as­mo com Had­dad. Se o pla­no B não em­pol­gar, os vo­tos lu­lis­tas po­dem fi­car pe­lo ca­mi­nho.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.