Re­gi­me de Ma­du­ro mantém re­pór­ter preso em ca­deia mi­li­tar

Folha de S.Paulo - - Mundo - Di­e­go Zer­ba­to

Em 29 de agosto a jornalista pe­ru­a­na Ju­a­na Avel­la­ne­da e seu ci­ne­gra­fis­ta es­pe­ra­vam o me­trô na es­ta­ção Pra­ça Venezuela, uma das prin­ci­pais de Ca­ra­cas, qu­an­do um gru­po de ho­mens os cer­cou. Na sequên­cia, o co­le­ga que a au­xi­li­a­va em sua pri­mei­ra vi­a­gem ao país ca­ri­be­nho dis­se que não os co­nhe­cia.

O jornalista era Je­sús Me­di­na. Ele foi cer­ca­do por agen­tes do Ser­vi­ço Bo­li­va­ri­a­no de In­te­li­gên­cia (Se­bin, a polícia po­lí­ti­ca do re­gi­me de Ni­co­lás Ma­du­ro) e le­va­do para a pri­são mi­li­tar de Ra­mo Verde, on­de es­tá há 19 dias.

Pri­sões de jor­na­lis­tas por pe­río­do lon­go são in­co­muns na Venezuela, em­bo­ra a re­pres­são à im­pren­sa te­nha cres­ci­do de­pois da ins­ta­la­ção da As­sem­bleia Cons­ti­tuin­te, em agosto de 2017.

Se­gun­do a ONG Es­pa­ço Pú­bli­co, hou­ve 219 ca­sos de vi­o­la­ção da liberdade de expressão no pri­mei­ro se­mes­tre de 2018, em sua mai­o­ria agres­sões fí­si­cas e me­di­das ju­di­ci­ais con­tra jor­na­lis­tas e mei­os.

A mai­o­ria das de­ten­ções de jor­na­lis­tas é para re­co­lhi­men­to do con­teú­do pro­du­zi­do. Os es­tran­gei­ros, cu­ja mai­o­ria en­tra sem visto de jornalista por­que o re­gi­me não o con­ce­de, são presos e de­por­ta­dos.

Para não ter o mes­mo des­ti­no, Avel­la­ne­da vol­tou para Li­ma no dia se­guin­te. “Um dia an­tes, per­gun­tei o que acon­te­ce­ria se nos de­la­tas­sem. Ele dis­se que se­ría­mos presos ou que po­de­ri­am nos fa­zer de­sa­pa­re­cer”, dis­se à Fo­lha. “E foi o que acon­te­ceu. Só que ele se imo­lou e dis­se que não nos co­nhe­cia para es­ca­par­mos.”

A fa­mí­lia e os ami­gos de Me­di­na fi­ca­ram dois dias sem no­tí­ci­as até que a Pro­cu­ra­do­ri­a­Ge­ral con­fir­mou sua de­ten­ção e as acu­sa­ções: la­va­gem de di­nhei­ro, as­so­ci­a­ção cri­mi­no­sa e in­ci­ta­ção ao ódio. Po­rém, não foram apre­sen­ta­das pro­vas dos de­li­tos.

Nos úl­ti­mos me­ses, Me­di­na par­ti­ci­pou de tra­ba­lhos que in­co­mo­da­ram a cúpula do cha­vis­mo. O mais co­nhe­ci­do foi pu­bli­ca­do em setembro de 2017: ele entrou na pri­são de To­co­rón, uma das mai­o­res da Venezuela, e mos­trou co­mo a ca­deia foi to­ma­da por uma qua­dri­lha que a trans­for­mou em uma ci­da­de­la com pri­vi­lé­gi­os co­mo car­ros, motos e até mer­ca­do.

Após a pu­bli­ca­ção, ele e dois jor­na­lis­tas ita­li­a­nos que par­ti­ci­pa­vam da in­ves­ti­ga­ção fi­ca­ram presos por três dias.

Dois me­ses de­pois, ele su­mi­ria por 50 horas após sair de casa em Ca­ra­cas. Foi encontrado com si­nais de agres­são fí­si­ca no acesso ao aeroporto de Mai­que­tía, que ser­ve a ca­pi­tal. Na época, ele acu­sou o Se­bin e Di­os­da­do Ca­bel­lo, número dois do re­gi­me e hoje presidente da As­sem­bleia Cons­ti­tuin­te, de tê-lo se­ques­tra­do.

De­vi­do às ameaças, che­gou a pas­sar um tem­po na Colôm­bia. Além de elo para jor­na­lis­tas es­tran­gei­ros, Me­di­na era re­pór­ter do si­te Do­larTo­day, chamado de má­fia pe­lo re­gi­me por pu­bli­car a co­ta­ção pa­ra­le­la da mo­e­da ame­ri­ca­na e no­tí­ci­as com tom mi­li­tan­te.

Mi­nu­tos an­tes de pe­ga­rem o me­trô, Me­di­na e a equi­pe de Avel­la­ne­da, que fa­zia uma sé­rie de re­por­ta­gens so­bre a crise humanitária para o ca­nal pe­ru­a­no ATV, es­ta­vam no hos­pi­tal uni­ver­si­tá­rio de Ca­ra­cas.

Ma­ría Fer­nan­da Torres, ad­vo­ga­da da ONG Fórum Pe­nal Ve­ne­zu­e­la­no que de­fen­de o jornalista, afir­ma que ele só foi in­for­ma­do do mo­ti­vo da pri­são qu­an­do já estava na ca­deia. Se­gun­do ela, o re­pór­ter fi­cou dez dias na so­li­tá­ria.

A pri­mei­ra au­di­ên­cia ju­di­ci­al do pro­ces­so con­tra ele de­ve acon­te­cer em me­a­dos de ou­tu­bro. Em car­ta pu­bli­ca­da no dia 5 nas re­des so­ci­ais, Me­di­na pe­diu aos co­le­gas:

“É ho­ra de re­vi­dar jor­na­lis­ti­ca­men­te di­zen­do a ver­da­de, doa a quem do­er [...] Is­so [a pri­são] é pe­la Venezuela. Pe­ço des­cul­pas por ter per­mi­ti­do que me pren­des­sem.”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.