Bre­cha le­gal abriu ca­mi­nho para o mer­ca­do clan­des­ti­no; veja co­mo fun­ci­o­na o es­que­ma

Pas­so 1

Folha de S.Paulo - - Mercado -

Mi­nis­té­rio das Co­mu­ni­ca­ções con­ce­de a ins­ta­la­ção de re­trans­mis­so­ra de TV, gra­tui­ta­men­te, desde que es­te­ja as­so­ci­a­da a uma ge­ra­do­ra (emis­so­ra que pro­duz pro­gra­ma­ção)

Pas­so 2

Em até um ano, o do­no da re­trans­mis­so­ra tem de in­ves­tir até R$ 70 mil para ins­ta­lar a es­ta­ção e so­li­ci­tar à Ana­tel o direito de uso das frequên­ci­as (por on­de vai trocar si­nal com a ge­ra­do­ra)

Pas­so 3

Sem fis­ca­li­za­ção, o do­no da re­trans­mis­so­ra não ins­ta­la as es­ta­ções, nem so­li­ci­ta frequên­ci­as à Ana­tel e co­me­ça a ne­go­ci­ar com po­lí­ti­cos, igre­jas ou em­pre­sá­ri­os o ar­ren­da­men­to ou a ven­da do ca­nal por meio de con­tra­tos de ga­ve­ta, o que é proi­bi­do

Pas­so 4

Ins­ta­la­da a re­trans­mis­so­ra, o ven­de­dor pode so­li­ci­tar a tro­ca da ge­ra­do­ra ao mi­nis­té­rio. Dois anos de­pois, o com­pra­dor pode ser le­ga­li­za­do co­mo pro­pri­e­tá­rio

POR QUE COM­PRAR NO MER­CA­DO CLAN­DES­TI­NO EM VEZ DE SO­LI­CI­TAR AO GO­VER­NO A CON­CES­SÃO? Hoje, há uma fi­la de 65 mil pe­di­dos de con­ces­sões de ca­nais em tra­mi­ta­ção no Mi­nis­té­rio das Co­mu­ni­ca­ções

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.