Co­ber­tu­ra da Fo­lha tem pro­por­ção igual de crí­ti­cas a Bol­so­na­ro e a Had­dad

Le­van­ta­men­to mos­tra que men­ções ne­ga­ti­vas aos can­di­da­tos em re­por­ta­gens che­ga­ram a 24%

Folha de S.Paulo - - Primeira Página -

A co­ber­tu­ra da Fo­lha so­bre o pri­mei­ro tur­no das elei­ções pre­si­den­ci­ais trou­xe crí­ti­cas aos can­di­da­tos Jair Bol­so­na­ro (PSL) e Fer­nan­do Had­dad (PT), que dis­pu­tam o se­gun­do tur­no, em pro­por­ções iguais, de acor­do com le­van­ta­men­to do Ban­co de Da­dos Fo­lha.

As men­ções ne­ga­ti­vas a Bol­so­na­ro apa­re­cem em 24,4% dos tex­tos no­ti­ci­o­sos, en­quan­to as de Had­dad equi­va­lem a 24,3% das re­fe­rên­ci­as a ele em re­por­ta­gens.

Bol­so­na­ro foi o can­di­da­to mais ci­ta­do em re­por­ta­gens e co­lu­nas da Fo­lha: 2.144 men­ções, das quais 1.155 fo­ram em tex­tos no­ti­ci­o­sos e 989 em co­lu­nas. Já Had­dad apa­re­ce com 849 men­ções, das quais 506 em tex­tos no­ti­ci­o­sos e 343 em co­lu­nas.

O nú­me­ro me­nor de men­ções a Had­dad de­ve-se ao fa­to de ele ter re­gis­tra­do a sua can­di­da­tu­ra no dia 11 de se­tem­bro —até en­tão o ex-pre­si­den­te Lu­la era o can­di­da­to do par­ti­do.

O le­van­ta­men­to foi fei­to en­tre 1º de agos­to e o úl­ti­mo do­min­go (7). As men­ções ao can­di­da­to pe­tis­ta pas­sa­ram a ser com­pu­ta­das um dia de­pois da ofi­ci­a­li­za­ção de sua can­di­da­tu­ra jun­to ao TSE (Tri­bu­nal Su­pe­ri­or Elei­to­ral).

A mai­o­ria das men­ções a Bol­so­na­ro e Had­dad foi neu­tra quan­do se so­mam as citações fei­tas em re­por­ta­gens e co­lu­nas, ain­da de acor­do com o le­van­ta­men­to.

O ca­pi­tão re­for­ma­do apa­re­ce em 52% de tex­tos sem in­ter­pre­ta­ção ne­ga­ti­va ou po­si­ti­va; Had­dad, em 63,7%.

No ca­so dos ou­tros cin­co can­di­da­tos ana­li­sa­dos tam­bém pre­do­mi­nam as men­ções neu­tras. En­tre os 956 tex­tos so­bre o tu­ca­no Ge­ral­do Alck­min, 79% fo­ram clas­si­fi­ca­dos co­mo neu­tros.

Gui­lher­me Bou­los (76,8%), Hen­ri­que Mei­rel­les (75,7%), Ma­ri­na Sil­va (74,3%) e Ci­ro Go­mes (71,6%) vêm em se­gui­da no ran­king do to­tal de tex­tos neu­tros.

Tam­bém nas co­lu­nas há um per­cen­tu­al mais ele­va­do de men­ções neu­tras aos pre­si­den­ciá­veis. Bol­so­na­ro apa­re­ce nes­sa ca­te­go­ria com 49,5%, en­quan­to Had­dad tem 59,8%.

Nas co­lu­nas de opi­nião e aná­li­se, as men­ções ne­ga­ti­vas ao ca­pi­tão re­for­ma­do apa­re­cem em 39,3% dos tex­tos, en­quan­to as citações a Had­dad cor­res­pon­dem a 26,5% do to­tal das citações fei­tas ao pe­tis­ta por co­lu­nis­tas.

Ain­da nes­sa ca­te­go­ria, o pe­de­tis­ta Ci­ro so­ma 23,7% das men­ções, per­cen­tu­al si­mi­lar ao do tu­ca­no Ge­ral­do Alck­min (21,3%).

En­quan­to o ca­pi­tão re­for­ma­do li­de­ra em men­ções ne­ga­ti­vas na so­ma dos tex­tos no­ti­ci­o­sos e co­lu­nas, com 31,3%, a can­di­da­ta Ma­ri­na Sil­va (Re­de) foi a me­nos ci­ta­da nes­se que­si­to (16,9%).

Os de­mais can­di­da­tos ti­ve­ram per­cen­tu­ais si­mi­la­res no to­tal de men­ções ne­ga­ti­vas: Ci­ro Go­mes (19,9%), Ge­ral­do Alck­min (19,6%), Hen­ri­que Mei­re­les (23,7%), do MDB, e Gui­lher­me Bou­los (20,1%), do PSOL.

As men­ções po­si­ti­vas a Bol­so­na­ro apa­re­cem em 16,7% do to­tal dos tex­tos en­quan­to Had­dad fi­gu­ra em 11,1%.

Quan­do se so­mam ape­nas os tex­tos no­ti­ci­o­sos, as men­ções po­si­ti­vas ao ca­pi­tão re­for­ma­do atin­gem 21,6% das re­por­ta­gens so­bre ele. Nes­sa ca­te­go­ria, as citações a Had­dad equi­va­lem a 9,3% das citações fei­tas ao pe­tis­ta em tex­tos no­ti­ci­o­sos.

Neu­tra­li­da­de mar­ca a co­ber­tu­ra da dis­pu­ta pa­ra o go­ver­no de SP

A cor­ri­da pa­ra o Go­ver­no do Es­ta­do de São Pau­lo te­ve uma co­ber­tu­ra da Fo­lha em que pre­do­mi­nam as re­por­ta­gens e co­lu­nas neu­tras.

João Do­ria (PSDB), que fi­cou à fren­te no pri­mei­ro tur­no da elei­ção, foi ci­ta­do em 263 tex­tos, dos quais 68,4% não ti­nham in­ter­pre­ta­ção po­si­ti­va ou ne­ga­ti­va, se­gun­do o le­van­ta­men­to.

O go­ver­na­dor Már­cio Fran­ça (PSB), que dis­pu­ta com Do­ria o se­gun­do tur­no na cor­ri­da es­ta­du­al, foi men­ci­o­na­do num to­tal de 161 tex­tos, dos quais 85,1% eram neu­tros.

Os tex­tos mar­ca­dos pe­la neu­tra­li­da­de so­bre Pau­lo Skaf (PMDB) e Luiz Ma­ri­nho (PT), der­ro­ta­dos no pri­mei­ro tur­no, cor­res­pon­dem, res­pec­ti­va­men­te, a 83,8% e 61,8% no uni­ver­so de re­por­ta­gens e co­lu­nas so­bre os can­di­da­tos.

Do­ria fi­ca em se­gun­do lu­gar no to­tal de men­ções ne­ga­ti­vas —a so­ma de re­por­ta­gens e co­lu­nas. Dos tex­tos que ci­tam o ex-pre­fei­to tu­ca­no, 27,8% ti­nham uma in­ter­pre­ta­ção ne­ga­ti­vo, en­quan­to Fran­ça apa­re­ce com 11,8% nes­sa ca­te­go­ria.

O can­di­da­to Luiz Ma­ri­nho li­de­ra o ran­king de men­ções ne­ga­ti­vas. Ti­ve­ram es­sa in­ter­pre­ta­ção 38,2% dos tex­tos so­bre o ex-mi­nis­tro do Tra­ba­lho e ex-pre­fei­to de São Ber­nar­do do Cam­po.

A mai­o­ria (ou 70,4%) das co­lu­nas e aná­li­ses so­bre João Do­ria ti­nha a neu­tra­li­da­de co­mo ca­rac­te­rís­ti­ca.

Is­so tam­bém ocor­reu com Pau­lo Skaf (90%), Már­cio Fran­ça (72,2%) e Luiz Ma­ri­nho (57,1%).

O le­van­ta­men­to foi fei­to en­tre os di­as 1º de agos­to e 7 de ou­tu­bro, quan­do acon­te­ceu o pri­mei­ro tur­no.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.