Em SP, can­di­da­tos di­zem que ad­ver­sá­ri­os não são con­fiá­veis

Folha de S.Paulo - - Eleições 2018 -

Os can­di­da­tos ao go­ver­no nas elei­ções pau­lis­tas, João Do­ria (PSDB) e Már­cio Fran­ça (PSB), ten­ta­ram in­du­zir o elei­tor a não acre­di­tar nas pro­mes­sas do con­cor­ren­te no pri­mei­ro pro­gra­ma elei­to­ral do se­gun­do tur­no.

Am­bas as cam­pa­nhas pri­o­ri­za­ram mo­nó­lo­gos dos can­di­da­tos di­re­ta­men­te ao es­pec­ta­dor, com apre­sen­ta­ção de pro­pos­tas e crí­ti­cas ao ad­ver­sá­rio.

Do­ria, que tem a es­tra­té­gia de na­ci­o­na­li­zar a elei­ção, ten­tou co­lar em Fran­ça a ima­gem de po­lí­ti­co de es­quer­da —o PSB se po­si­ci­o­nou con­tra o im­pe­a­ch­ment da ex-pre­si­den­te Dil­ma Rous­seff e apoia Fer­nan­do Had­dad (PT) à Pre-

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.