EUA sus­pen­dem asi­lo de ile­gais vin­dos do Mé­xi­co

Pre­si­den­te evo­ca se­gu­ran­ça na­ci­o­nal pa­ra de­cre­to, se­gun­do o qu­al só po­de fa­zer so­li­ci­ta­ção quem pro­var ris­co gra­ve

Folha de S.Paulo - - Primeira Página - Da­ni­el­le Brant

Pa­ra con­ter imi­gran­tes em ca­ra­va­na, Do­nald Trump as­si­nou or­dem que blo­queia, por 90 di­as, pedidos de asi­lo de quem en­trar ile­gal­men­te pe­lo Mé­xi­co. So­li­ci­ta­ções fi­cam res­tri­tas a por­tões ofi­ci­ais.

no­va york De­pois de au­men­tar o nú­me­ro de sol­da­dos na fron­tei­ra com o Mé­xi­co, o pre­si­den­te Do­nald Trump de­ci­diu lan­çar mão de mais um re­cur­so pa­ra ten­tar con­ter o flu­xo de imi­gran­tes ile­gais que atra­ves­sam o país vi­zi­nho em di­re­ção aos Es­ta­dos Uni­dos.

Nes­ta sex­ta (9), o re­pu­bli­ca­no emi­tiu uma or­dem exe­cu­ti­va (me­di­da pro­vi­só­ria) que es­ta­be­le­ce no­vas res­tri­ções pa­ra quem bus­ca asi­lo nos EUA.

O de­cre­to de­ter­mi­na que, a par­tir des­te sá­ba­do (10), o mi­gran­te que en­trar ile­gal­men­te nos EUA a par­tir do Mé­xi­co te­rá sus­pen­so ou li­mi­ta­do o di­rei­to a pe­di­do de asi­lo.

O go­ver­no só acei­ta­rá so­li­ci­ta­ções de pes­so­as que en­tra­rem por al­gu­mas das por­tas ofi­ci­ais do país (ae­ro­por­tos, por­tos ou pos­tos de fron­tei­ra ter­res­tres). As res­tri­ções não se apli­cam a me­no­res que bus­cam asi­lo e que che­gam sem pais ou res­pon­sá­veis le­gais.

“Eu aca­bei de as­si­nar uma pro­cla­ma­ção so­bre asi­lo mui­to im­por­tan­te”, afir­mou o re­pu­bli­ca­no a jor­na­lis­tas, an­tes de par­tir pa­ra Pa­ris, on­de par­ti­ci­pa­rá das ce­le­bra­ções do cen­te­ná­rio do fim da Pri­mei­ra Guer­ra, do­min­go (11). “As pes­so­as po­dem vir, mas elas pre­ci­sam vir pe­los pon­tos de en­tra­da.”

O re­pu­bli­ca­no evo­cou a se­gu­ran­ça na­ci­o­nal que vi­sam pro­te­ger os EUA de ame­a­ças ex­ter­nas. É o mes­mo ins­tru­men­to de emer­gên­cia usa­do em 2017 pa­ra ve­tar ci­da­dãos de paí­ses de mai­o­ria is­lâ­mi­ca.

A or­dem tem efei­to por 90 di­as ou até que os EUA al­can­cem um acor­do com o Mé­xi­co que per­mi­ta que o go­ver­no ame­ri­ca­no en­vie ao país vi­zi­nho pes­so­as que bus­cam asi­lo e que en­tra­ram pe­la fron­tei­ra me­xi­ca­na —o que vi­er an­tes.

Um dos pon­tos de con­tro­vér­sia e que têm le­va­do, nos úl­ti­mos anos, o Mé­xi­co a re­jei­tar um acor­do é que as pes­so­as em ques­tão não se­ri­am so­men­te me­xi­ca­nos.

No de­cre­to, Trump afir­ma que as me­di­das são ne­ces­sá­ri­as pa­ra se pre­pa­rar pa­ra a che­ga­da de mi­lha­res de mi­gran­tes de El Sal­va­dor, Gu­a­te­ma­la e Hon­du­ras que ru­mam em ca­ra­va­na pa­ra os EUA. Se­gun­do o pre­si­den­te, eles não têm “ne­nhu­ma ba­se le­gal pa­ra ad­mis­são” nos EUA.

“A che­ga­da de ta­ma­nho nú­me­ro de es­tran­gei­ros con­tri­bui­rá pa­ra so­bre­car­re­gar nos­so sis­te­ma de asi­lo e imi­gra­ção e pa­ra a li­be­ra­ção de mi­lha­res de es­tran­gei­ros no in­te­ri­or dos EUA”, diz o tex­to.

Os mi­gran­tes —a mai­o­ria dos quais fo­ge da vi­o­lên­cia de gan­gues em seus paí­ses, en­tre os re­cor­dis­tas de as­sas­si­na­tos no mun­do— es­tão a cer­ca de mil quilô­me­tros do pon­to de en­tra­da em La­re­do, no Te­xas.

Os co­or­de­na­do­res do gru­po, po­rém, já ma­ni­fes­ta­ram que pre­fe­rem ten­tar atra­ves­sar a fron­tei­ra por Ti­ju­a­na, a 2.900 km da Ci­da­de do Mé­xi­co, de on­de par­ti­rão. Pa­ra o go­ver­no ame­ri­ca­no, a mi­gra­ção em mas­sa des­ses es­tran­gei­ros pre­ci­pi­tou uma cri­se e com­pro­me­te a in­te­gri­da­de das fron­tei­ras ame­ri­ca­nas.

“Por­tan­to, de­vo to­mar ação ime­di­a­ta pa­ra pro­te­ger o in­te­res­se na­ci­o­nal”, diz Trump.

Des­de 2014, os pedidos de asi­lo aos EUA au­men­tam. Atu­al­men­te, há mais de 750 mil ca­sos tran­si­tan­do em cor­tes de imi­gra­ção ame­ri­ca­nas.

Ao mes­mo tem­po, as apre­en­sões de imi­gran­tes ile­gais na fron­tei­ra com o Mé­xi­co não pa­ram de cres­cer: no ano fis­cal en­cer­ra­do em se­tem­bro, e 396.579 pes­so­as fo­ram fla­gra­das cru­zan­do a fron­tei­ra ile­gal­men­te, se­gun­do o go­ver­no.

Já os pedidos de asi­lo sal­ta­ram 373,6%, pas­san­do de 60.289 pa­ra 288.087 de 2013 pa­ra 2017. O re­cur­so é po­pu­lar co­mo im­pro­vi­so en­tre bra­si­lei­ros que en­tram ile­gal­men­te.

Os mi­gran­tes que, ain­da as­sim, ten­ta­rem en­trar nos EUA pe­la fron­tei­ra com o Mé­xi­co po­de­rão, du­ran­te o pe­río­do em que a or­dem es­ta­rá em vi­gor, so­li­ci­tar um sta­tus le­gal in­fe­ri­or que im­pe­di­ria, pro­vi­so­ri­a­men­te, sua de­por­ta­ção.

Es­se sta­tus não con­fe­ri­ria pos­si­bi­li­da­de de re­si­dên­cia per­ma­nen­te le­gal ou ci­da­da­nia, mas se­ria uma for­ma de evi­tar se­rem re­mo­vi­dos pa­ra a Amé­ri­ca Cen­tral ca­so não con­ven­çam as au­to­ri­da­des que con­ce­dem asi­lo de que en­fren­tam “me­do ra­zoá­vel” de per­se­gui­ção.

A or­dem de Trump já abriu uma dis­pu­ta le­gal com a ACLU (União Ame­ri­ca­na pe­las Li­ber­da­des Ci­vis), uma das or­ga­ni­za­ções que en­ca­be­çam os es­for­ços con­tra as me­di­das an­ti-imi­gra­ção do pre­si­den­te. O pro­ces­so con­tes­ta a le­ga­li­da­de da me­di­da e ar­gu­men­ta que a or­dem con­tra­ria a lei.

Lee Ge­lernt, ad­vo­ga­do da or­ga­ni­za­ção, afir­ma que a re­gu­la­ção co­lo­ca­rá as fa­mí­li­as imi­gran­tes em ris­co. A ação ju­di­ci­al bus­ca in­va­li­dar a re­gra e pe­de sus­pen­são do efei­to da or­dem en­quan­to o ca­so es­ti­ver pen­den­te de jul­ga­men­to.

Des­de que che­gou ao po­der, em ja­nei­ro de 2017, Trump fez do com­ba­te à imi­gra­ção ile­gal pri­o­ri­da­de. O pre­si­den­te ado­tou me­di­das con­tro­ver­sas, co­mo a po­lí­ti­ca de to­le­rân­cia ze­ro em abril des­te ano, que se­pa­ra­va fa­mí­li­as fla­gra­das en­tran­do ile­gal­men­te nos EUA pe­la fron­tei­ra com o Mé­xi­co.

Após a re­a­ção am­pla­men­te ne­ga­ti­va no país e no ex­te­ri­or, Trump re­cu­ou e proi­biu a se­pa­ra­ção de fa­mí­li­as.

O al­vo mais re­cen­te do re­pu­bli­ca­no é a ca­ra­va­na que par­tiu de Hon­du­ras em me­a­dos de ou­tu­bro em di­re­ção ao país. O re­pu­bli­ca­no au­to­ri­zou o en­vio de 5.000 sol­da­dos à fron­tei­ra com o Mé­xi­co pa­ra de­ter o gru­po e po­de ele­var o con­tin­gen­te pa­ra 15 mil.

An­dre­es La­tif/Reu­ters

Mi­li­tar ins­ta­la cer­ca de ara­me far­pa­do em Hi­dal­go, Te­xas, na fron­tei­ra com o Mé­xi­co; ca­ra­va­na de mi­gran­tes cen­tro-ame­ri­ca­nos ten­ta­rá en­trar

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.