É hor­rí­vel ser tra­ba­lha­dor no Brasil

Folha de S.Paulo - - Opinião - Ju­li­an­na So­fia

O fu­tu­ro go­ver­no de Jair Bol­so­na­ro fa­ti­a­rá tal qual um sa­la­me o qua­se se­cu­lar Mi­nis­té­rio do Tra­ba­lho. As ro­de­las graú­das e co­bi­ça­das fi­ca­rão sob a aba do po­de­ro­so Pau­lo Gu­e­des (Eco­no­mia), res­tan­do a Ser­gio Mo­ro (Jus­ti­ça e Se­gu­ran­ça Pú­bli­ca) e Os­mar Ter­ra (Ci­da­da­nia) ad­mi­nis­trar os na­cos me­nos ape­ti­to­sos — re­gis­tro sin­di­cal e eco­no­mia so­li­dá­ria, res­pec­ti­va­men­te.

A emis­são das car­tas sin­di­cais vi­rou ca­so de po­lí­cia e faz sen­ti­do re­me­ter a ta­re­fa à al­ça­da de Mo­ro. O en­vol­vi­men­to de par­la­men­ta­res, po­lí­ti­cos e bu­ro­cra­tas do Mi­nis­té­rio do Tra­ba­lho em um es­que­ma de pro­pi­na pa­ra li­be­ra­ção de re­gis­tros pa­ra sin­di­ca­tos foi des­ven­da­do pe­la Ope­ra­ção Es­pú­rio, que já man­dou pa­ra o ban­co dos réus pei­xes gran­des co­mo o ex-de­pu­ta­do Ro­ber­to Jef­fer­son.

Ain­da es­tá in­de­fi­ni­do se o ex-juiz her­da­rá tam­bém o com­ba­te ao tra­ba­lho es­cra­vo, te­ma con­tro­ver­so nu­ma ges­tão em que a as­cen­dên­cia da ban­ca­da ru­ra­lis­ta se­rá in­ques­ti­o­ná­vel. Há chan­ce de a fis­ca­li­za­ção des­se ti­po de atro­ci­da­de fi­car com Gu­e­des.

Du­as joi­as da co­roa do rei­na­do tra­ba­lhis­ta, o FGTS e o FAT —do­nos de um pa­trimô­nio cal­cu­la­do em R$ 800 bi­lhões— fo­ram es­tra­te­gi­ca­men­te cap­tu­ra­das pe­lo czar da eco­no­mia bol­so­na­ris­ta. Não é de ho­je que su­ces­si­vas equi­pes econô­mi­cas ten­tam ino­var no uso des­ses fun­dos, que as­se­gu­ram aos tra­ba­lha­do­res be­ne­fí­ci­os co­mo se­gu­ro-de­sem­pre­go e abo­no sa­la­ri­al, além de aces­so a ha­bi­ta­ção po­pu­lar e sa­ne­a­men­to bá­si­co.

Gu­e­des te­rá fran­co aces­so a es­sas pou­pan­ças. No re­cei­tuá­rio, há pro­pos­tas pa­ra ex­tin­guir o abo­no e usar o FGTS num sis­te­ma com­ple­men­tar ao se­gu­ro-de­sem­pre­go. Is­so re­du­zi­ria o gas­to do Es­ta­do com es­sas des­pe­sas —R$ 60 bi­lhões/ano. Ou­tra ideia é usar até 25% dos de­pó­si­tos do fun­do de ga­ran­tia na ca­pi­ta­li­za­ção de con­tas in­di­vi­du­ais den­tro de um no­vo mo­de­lo pre­vi­den­ciá­rio.

Num país com 12,3 mi­lhões de de­sem­pre­ga­dos e ta­xa de­cres­cen­te gra­ças à des­trui­ção de va­gas for­mais, a re­vo­lu­ção li­be­ral cau­sa ar­re­pi­os. Não es­tá hor­rí­vel ape­nas pa­ra pa­trões o Brasil dos di­as atu­ais.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.