AGU re­cor­re de fim de mul­ta na ta­be­la do fre­te

Folha de S.Paulo - - Mercado - Arthur Ca­gli­a­ri

são pau­lo A AGU (Ad­vo­ca­cia-Ge­ral da União) in­for­mou nes­ta sex­ta-fei­ra (7) que vai re­cor­rer da de­ci­são do mi­nis­tro do STF (Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral) Luiz Fux de proi­bir mul­ta con­tra o des­cum­pri­men­to da ta­be­la do fre­te.

A de­ci­são afrou­xou a me­di­da ado­ta­da des­de maio des­te pa­ra pôr fim à pa­ra­li­sa­ção dos ca­mi­nhei­ros.

Na quin­ta (6), o mi­nis­tro aten­deu o pe­di­do da CNA (Con­fe­de­ra­ção da Agri­cul­tu­ra e Pe­cuá­ria do Brasil).

Ca­mi­nho­nei­ros ame­a­çam pa­rar no­va­men­te.

Se­gun­do Wal­la­ce Lan­dim, o Cho­rão, um dos lí­de­res do mo­vi­men­to de maio, o go­ver­no fe­de­ral se com­pro­me­teu a re­cor­rer da de­ci­são de Fux.

A in­for­ma­ção foi con­fir­ma­daà Fo­lha pe­la AGU.

“A AGU in­for­ma que es­tu­da a me­lhor es­tra­té­gia ju­rí­di­ca pa­ra re­ver­ter a de­ci­são de Fux que sus­pen­deu a apli­ca­ção de mul­tas por des­cum­pri­men­to da ta­be­la de pre­ços mí­ni­mos do fre­te ro­do­viá­rio”, afir­mou o ór­gão, em no­ta.

De acor­do com Cho­rão, o re­cur­so de­ve ser ajui­za­do na se­gun­da-fei­ra (10) e foi acer­ta­do com o ad­vo­ga­do-ge­ra­lad­jun­to Ju­lio de Me­lo Ri­bei­ro, em reu­nião, nes­ta sex­ta, em Brasília.

So­bre uma pa­ra­li­sa­ção na ma­dru­ga­da de se­gun­da, Cho­rão afir­mou não ser fa­vo­rá­vel, mas que a de­ci­são não de­pen­de só de­le.

“Eu não de­ci­do so­zi­nho. Mas par­ti­cu­lar­men­te acho que não é a ho­ra por cau­sa da tran­si­ção de go­ver­no”, dis­se Cho­rão.

A ta­be­la do fre­te foi en­vi­a­da por me­di­da pro­vi­só­ria pe­lo pre­si­den­te Mi­chel Te­mer. Foi con­ver­ti­da em lei em agos­to.

Pe­la re­gra, a ANTT (Agência Na­ci­o­nal de Trans­por­tes Ter­res­tres) es­ta­be­le­ce um va­lor mí­ni­mo pa­ra o trans­por­te de mer­ca­do­ri­as por ca­mi­nhões. Se des­res­pei­ta­do, há mul­ta. Fux der­ru­bou a pu­ni­ção.

Mi­nis­tro de Bol­so­na­ro quer aca­bar com in­ter­me­diá­rio

brasília O go­ver­no de Jair Bol­so­na­ro de­ve­rá lan­çar no­vos ter­mos pa­ra a ta­be­la de fre­te ro­do­viá­rio, as­sun­to que opõe ca­mi­nho­nei­ros e em­pre­sas que con­tra­tam trans­por­te.

O fu­tu­ro mi­nis­tro da In­fra­es­tru­tu­ra, Tar­cí­sio de Frei­tas, dis­se que a me­ta do pró­xi­mo go­ver­no é re­sol­ver a ques­tão o mais bre­ve pos­sí­vel.

“Num pri­mei­ro mo­men­to, va­mos ter um ca­ri­nho com a ta­be­la, va­mos re­vi­sar a ta­be­la, es­ti­mu­lar que o mer­ca­do a pra­ti­que”, dis­se Frei­tas.

Se­gun­do o fu­tu­ro mi­nis­tro, os no­vos ter­mos da ta­be­la de­vem aca­bar com atra­ves­sa­do­res na ne­go­ci­a­ção do fre­te.

“Va­mos atu­ar na me­lho­ria das con­di­ções pa­ra o ca­mi­nho­nei­ro. Eli­mi­nar o in­ter­me­diá­rio da ope­ra­ção, [o ob­je­ti­vo é ter] ‘link’ di­re­to en­tre ca­mi­nho­nei­ro e em­bar­ca­dor”, afir­mou.

“O in­ter­me­diá­rio ti­ra re­cei­ta do ca­mi­nho­nei­ro, te­mos que eli­mi­nar o atra­ves­sa­dor, cri­ar con­di­ções pa­ra ne­go­ci­a­ção di­re­ta do fre­te.”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.