ILHA SAONA, Re­pú­bli­ca Do­mi­ni­ca­na

Boa pa­ra: Mer­gu­lhar e se jogar na areia.

Go Outside (Brazil) - - GO OUTSIDE -

COM APE­NAS 500 HA­BI­TAN­TES, a ilha Saona abri­ga a pe­que­na vi­la de pes­ca­do­res Ma­no Ju­an e está co­nec­ta­da ao Parque Na­ci­o­nal del Es­te, uma joia da Re­pú­bli­ca Do­mi­ni­ca­na. Nos ar­re­do­res dos seus 110 km2, praias iso­la­das de arei­as bran­cas e água cris­ta­li­na sal­tam aos olhos, no me­lhor es­ti­lo car­tão-pos­tal do Ca­ri­be. O des­ti­no é ex­plo­ra­do em pas­sei­os que par­tem de lu­xu­o­sos re­sorts ins­ta­la­dos em Pun­ta Ca­na, ao les­te da cos­ta do­mi­ni­ca­na, mas dá pa­ra es­ca­par da “mu­vu­ca”.

No ex­tre­mo sul da ilha, vol­ta­da pa­ra o mar aber­to, a fai­xa Can­to de La Playa, por exem­plo, é uma al­ter­na­ti­va pa­ra aproveitar o me­lhor da área, co­mo ex­plo­rar os ar­re­do­res com snor­kel e pé de pa­to ou sim­ples­men­te se ati­rar na areia. A re­gião tem pre­do­mi­nân­cia de sol du­ran­te to­do o ano, com tem­pe­ra­tu­ras que bei­ram os 35°C, al­tís­si­ma umi­da­de e chu­vas um pou­co mais fre­quen­tes en­tre maio e ou­tu­bro. Apro­vei­te e dê bons exem­plos – lembre-se de que vo­cê está em uma área de ecos­sis­te­ma frá­gil.

ON­DE FI­CAR: Mon­te sua ba­se em Pun­ta Ca­na (go­do­mi­ni­can­re­pu­blic.com/pun­ta-ca­na).

DI­CA: Apos­te em um ro­tei­ro per­so­na­li­za­do de mer­gu­lho – a agên­cia Co­ral Point Di­ving (co­ral­point­di­ving.com) tem bas­tan­te ex­pe­ri­ên­cia.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.