“Que­ro se­xo to­do dia! Se não tran­so por três di­as, cho­ro”

Guia Astral - - História Da Capa - João Bi­du no YouTu­be INSCREVA-SE youtu­be.com/vi­de­os­jo­a­o­bi­du

João Bi­du, tu­do bem com vo­cê? Em pri­mei­ro lu­gar, que­ria di­zer que eu sou uma gran­de fã sua. Ado­ro mui­to o seu tra­ba­lho!!! Eu pre­ci­so mui­to da sua aju­da, de um con­se­lho seu. Por fa­vor, me dá uma luz! O que eu ve­nho lhe per­gun­tar é se é nor­mal ter um de­se­jo bas­tan­te ele­va­do de ter re­la­ções sexuais to­dos os di­as. É nor­mal sen­tir is­so? Acon­te­ce que, quan­do eu não te­nho re­la­ções sexuais du­ran­te três di­as, já fi­co de­pri­mi­da e cho­ro. Eu sou uma pes­soa gor­di­nha e gos­to mui­to de re­a­li­zar as mi­nhas fan­ta­si­as sexuais. João Bi­du, me aju­da a en­ten­der es­sa von­ta­de enor­me que eu te­nho de fa­zer se­xo! Mui­to obri­ga­da pe­la sua aju­da! Aguar­do a sua res­pos­ta. Bei­jos pa­ra vo­cê! Lau­ra — Aí, sim, Lau­ra! Se­xo to­do dia? Is­so que é pi­que! Olha, que­rer tran­sar e re­a­li­zar fan­ta­si­as são coi­sas nor­mais. E se fos­se só is­so, tu­do bem. Mas, co­mo vo­cê cai no cho­ro e na de­pres­são quan­do fi­ca na se­ca por só três di­as, pa­re­ce que es­sa von­ta­de de tran­sar não é nor­mal, não. Pe­lo que tu­do in­di­ca, ou an­da usan­do o se­xo co­mo uma fu­ga — se­rá que é por con­ta dos qui­li­nhos a mais? —, ou tem os si­nais de uma nin­fo­ma­nía­ca (pes­soa que tem com­pul­são se­xu­al, um ape­ti­te ex­ces­si­vo por se­xo que pa­re­ce não aca­bar, ti­po um ví­cio). Por is­so, é im­por­tan­te pro­cu­rar aju­da pro­fis­si­o­nal pra su­pe­rar es­sa com­pul­são ou ví­cio. Vo­cê não con­ta se es­tá no iní­cio de um re­la­ci­o­na­men­to, o que até ex­pli­ca­ria es­se tre­men­do fo­go de­bai­xo das sai­as, se tem um pe­gue­te ou se sai com vá­ri­os, mas, de um jei­to ou de ou­tro, tem que usar ca­mi­si­nha sem­pre e al­gum ti­po de con­tro­le de na­ta­li­da­de, co­mo a pí­lu­la. Ah, e se fos­se eu no seu lu­gar, se fi­cas­se três di­as sem tran­sar, em vez de cho­rar eu ia me vi­rar so­zi­nho. Po­de não ser a mes­ma coi­sa, mas qu­e­bra um ga­lhão, viu? Obri­ga­do pe­lo ca­ri­nho, bei­jo e que nun­ca fal­te se­xo pra vo­cê.

“Se­xo to­dos os di­as? Is­so que é ter pi­que, hein!”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.