Bor­bo­le­tas

Guia Astral - - A Música Da Minha Vida -

Per­ce­bo que o tem­po já não pas­sa Vo­cê diz que não tem gra­ça amar as­sim Foi tu­do tão bo­ni­to, mas vo­ou pro in­fi­ni­to

Pa­re­ci­do com bor­bo­le­tas de um jar­dim

Ago­ra vo­cê vol­ta

E ba­lan­ça o que eu sen­tia por ou­tro al­guém

Di­vi­di­do en­tre dois mun­dos Sei que es­tou aman­do, mas ain­da não sei qu­em

Não sei di­zer o que mu­dou

Mas na­da es­tá igual

Nu­ma noi­te es­tra­nha a gen­te se es­tra­nha e fi­ca mal

Vo­cê ten­ta pro­var que tu­do em nós mor­reu

Bor­bo­le­tas sem­pre vol­tam e o seu jar­dim sou eu

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.