al­mas gê­me­as

Um dos mai­o­res su­ces­sos de Eli­za­beth Jhin, Além do Tem­po mos­trou que o ver­da­dei­ro amor re­sis­te a sé­cu­los e re­en­car­na­ções

Guia da Tevê - - REPLAY DE EMOÇÕES • ANOS 2000 - Tex­to: Da­ni­e­le Olim­pio/co­la­bo­ra­do­ra

Fi­cha Téc­ni­ca

• Emis­so­ra: Re­de Glo­bo • ca­pí­tu­los: 161 • au­to­ra: Eli­za­beth Jhin

• Exi­bi­ção: 13 de ju­lho de 2015 a 15 de ja­nei­ro de 2016, às 18h

Além do Tem­po con­tou a be­lís­si­ma his­tó­ria de amor de Lí­via (Alin­ne Mo­ra­es) e Felipe (Rafael Car­do­so). Di­vi­di­da em du­as fa­ses, a tra­ma mos­trou o pri­mei­ro en­con­tro do casal, em ple­no sé­cu­lo XIX, mas que aca­bou num fim trá­gi­co, e o se­gun­do en­con­tro, cer­ca de 150 anos de­pois. Na se­gun­da fa­se, os mes­mos per­so­na­gens se re­en­con­tram, prin­ci­pal­men­te o casal, que mu­dou o seu des­ti­no.

Pri­mei­ra fa­se

Em Cam­po­bel­lo, a jo­vem Lí­via vi­via num con­ven­to pa­ra o qual ha­via si­do man­da­da por sua mãe, Emí­lia (Ana Be­a­triz No­guei­ra). Con­tu­do, quan­do a Con­des­sa Vi­tó­ria Cas­tel­li­ni (Ire­ne Ra­va­che) e seu so­bri­nho-neto Con­de Felipe che­ga­ram à ci­da­de, tu­do mu­dou. A no­vi­ça se apai­xo­nou per­di­da­men­te pe­lo no­bre, que era pai de Alex (Ka­du Schons) e es­ta­va pres­tes a se ca­sar com Me­lis­sa (Pa­ol­la Oli­vei­ra). E Emí­lia pas­sou a fa­zer de tu­do pa­ra es­con­der sua fi­lha dos Cas­tel­li­ni, que não sa­bi­am que a me­ni­na era fru­to da his­tó­ria de amor de Emí­lia com Ber­nar­do (Felipe Camargo), fi­lho da Con­des­sa, da­do co­mo mor­to. Tem­pos de­pois, Lí­via foi tra­ba­lhar no ca­sa­rão da avó pa­ra des­co­brir mais so­bre o pai e o en­con­trou in­ter­na­do em um hos­pi­tal psi­quiá­tri­co. Ber­nar­do fu­giu e pas­sou a vi­ver com Emí­lia. Já Lí­via le­vou adi­an­te sua pai­xão pe­lo Con­de, mas, in­fe­liz­men­te, Me­lis­sa e Pedro (Emi­lio Dan­tas), um ami­go de in­fân­cia de Lí­via que era apai­xo­na­do por ela, ar­rui­na­ram o amor de­les. Pedro du­e­lou com o Con­de e o ma­tou, e Me­lis­sa em­pur­rou Lí­via de um pe­nhas­co.

se­gun­da fa­se

Lí­via e sua mãe eram do­nas da Be­ral­di­ni, uma em­pre­sa de im­por­ta­ção e ex­por­ta­ção de vi­nhos. A mo­ça es­ta­va noi­va de Pedro, um dos di­re­to­res da em­pre­sa, mas, um dia, no me­trô, se apai­xo­nou por Felipe, que era do­no de uma pe­que­na vi­ní­co­la, ca­sa­do com Me­lis­sa e pai de Alex. Com o de­sen­ro­lar da tra­ma, eles não con­se­gui­ram con­ter o que sen­ti­am e, pa­ra atra­pa­lhar a vi­da do casal, Me­lis­sa e Pedro se uni­ram pa­ra des­truí-los. Já Emí­lia, que foi aban­do­na­da ain­da pe­que­na por sua mãe, Vi­tó­ria, e dei­xa­da ape­nas com seu pai, Al­ber­to (Ju­ca de Oli­vei­ra) era uma mu­lher amar­gu­ra­da que, quan­do des­co­briu que uma vi­ní­co­la pres­tes a fa­lir per­ten­cia à sua mãe, fez de tu­do pa­ra pre­ju­di­car a mu­lher.

Emo­ções fi­nais

Com a che­ga­da de Al­ber­to foi re­ve­la­do que o ho­mem, ao ser aban­do­na­do por Vi­tó­ria, men­tiu e dis­se que a fi­lha de­les ha­via mor­ri­do. Vi­tó­ria, que nem des­con­fi­a­va que sua fi­lha es­ta­va vi­va, fi­cou des­nor­te­a­da e foi atrás de Emí­lia, mas a em­pre­sá­ria não acre­di­tou ne­la. No fim, Emí­lia so­freu um aci­den­te de car­ro e só per­do­ou a mãe de­pois que re­cu­pe­rou a cons­ci­ên­cia. Já Ber­nar­do apa­re­ceu nes­sa se­gun­da fa­se co­mo um es­cri­tor que foi à ci­da­de pa­ra en­con­trar seus pais e se apai­xo­nou por Emí­lia. No úl­ti­mo ca­pí­tu­lo, Pedro ati­rou em Felipe, mas, des­ta vez, Me­lis­sa fez di­fe­ren­te e ma­tou o pró­prio vi­lão, sal­van­do o casal. Me­lis­sa aca­bou nu­ma clínica psi­quiá­tri­ca.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.