Ba­nho frio

ISTO É - - SEMANA -

O presidente eleito Jair Bol­so­na­ro já co­me­çou a aco­mo­dar su­as pe­ças no Con­gres­so Na­ci­o­nal. E seus pla­nos jo­gam um bo­ca­do de água fria nas pre­ten­sões de seu par­ti­do, o PSL, que se as­sa­nha­va pe­lo fa­to de ter eleito a se­gun­da mai­or ban­ca­da de de­pu­ta­dos. Bol­so­na­ro pre­ten­de ar­ti­cu­lar que os co­man­dos da Câ­ma­ra e do Se­na­do fi­quem com po­lí­ti­cos mais ex­pe­ri­en­tes, dos par­ti­dos tra­di­ci­o­nais, co­mo for­ma de fa­ci­li­tar as com­po­si­ções que te­rá que fa­zer pa­ra go­ver­nar. As­sim, sua pre­fe­rên­cia pa­ra a pre­si­dên­cia do Se­na­do vai con­ver­gin­do pa­ra Simone Te­bet (MDB-MS). Pri­mei­ro, ela evi­ta­ria uma vi­tó­ria de Re­nan Ca­lhei­ros (MDB-AL), que apoi­ou Fer­nan­do Had­dad, do PT, e po­de­ria lhe cri­ar pro­ble­mas. De­pois, ela tem pon­tos de con­ta­to com ali­a­dos de Bol­so­na­ro, co­mo o go­ver­na­dor eleito de Goiás, Ro­nal­do Cai­a­do, do DEM.

EX­PE­RI­ÊN­CIA Bol­so­na­ro quer po­lí­ti­cos de par­ti­dos tra­di­ci­o­nais, co­mo Simone Te­bet, no co­man­do do Le­gis­la­ti­vo

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.