Sem Whatsapp

ISTO É - - SEMANA -

Nos bas­ti­do­res do Tri­bu­nal Su­pe­ri­or Elei­to­ral (TSE), mi­nis­tros co­men­tam que não de­ve ter gran­de fu­tu­ro por lá a de­nún­cia de que em­pre­sá­ri­os uni­ram-se pa­ra fi­nan­ci­ar um es­que­ma ir­re­gu­lar de dis­pa­ro de men­sa­gens pe­lo Whatsapp em fa­vor do presidente eleito Jair Bol­so­na­ro. Se­gun­do os mi­nis­tros, de­ve pre­va­le­cer no TSE o en­ten­di­men­to de que Bol­so­na­ro não po­de vir a ser res­pon­sa­bi­li­za­do por ações de terceiros das quais não to­mou par­te, mes­mo que te­nha si­do be­ne­fi­ci­a­do por elas. Já há ju­ris­pru­dên­cia na Cor­te nes­se sen­ti­do, e ela de­ve pre­va­le­cer. Afi­nal, um can­di­da­to não tem con­tro­le nem so­bre o que acon­te­ce na pró­pria cam­pa­nha.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.