A PRI­MEI­RA MI­NIS­TRA

Acu­sa­do de me­nos­pre­zar as mu­lhe­res, Bol­so­na­ro es­co­lheu uma de­pu­ta­da do DEM pa­ra co­man­dar a Agri­cul­tu­ra

ISTO É - - BRASIL/NOVO MINISTERIO - Pau­la Di­niz

“Te­mos que bai­xar os ju­ros. Pre­ci­sa­mos ter cré­di­to com­pa­tí­vel com a ati­vi­da­de” Te­re­za Cris­ti­na da Cos­ta Di­as, de­pu­ta­da DEM-MS

Ade­pu­ta­da Te­re­za Cris­ti­na (DEM-MS), pre­si­den­te da Fren­te Par­la­men­tar Agro­pe­cuá­ria (FPA), co­nhe­ci­da co­mo ban­ca­da ru­ra­lis­ta, se­rá a fu­tu­ra mi­nis­tra da Agri­cul­tu­ra do go­ver­no Bol­so­na­ro. In­di­ca­da por uma ban­ca­da de 30 in­te­gran­tes, a no­va mi­nis­tra pre­si­diu a co­mis­são es­pe­ci­al que apro­vou o pro­je­to que fle­xi­bi­li­za a re­gu­la­ção de agro­tó­xi­cos na agri­cul­tu­ra. A lei apro­va­da na Câ­ma­ra foi de­fen­di­da pe­los em­pre­sá­ri­os do agro­ne­gó­cio, mas foi du­ra­men­te cri­ti­ca­da por am­bi­en­ta­lis­tas. Pe­la no­va lei, se­rão proi­bi­dos ape­nas agro­tó­xi­cos que apre­sen­tem “ris­co ina­cei­tá­vel”. Os crí­ti­cos do pro­je­to cha­ma­ram a ini­ci­a­ti­va de “PL do Ve­ne­no”, de­nun­ci­an­do que os agro­tó­xi­cos co­lo­cam em ris­co a saú­de.

Um dia de­pois de ser es­co­lhi­da pa­ra a fun­ção, Te­re­za Cris­ti­na, de 64 anos, reu­niu-se com o pre­si­den­te elei­to Jair Bol­so­na­ro na quin­ta-fei­ra 8, no Cen­tro Cul­tu­ral do Ban­co do Bra­sil (CCBB), em Bra­sí­lia, on­de vem fun­ci­o­nan­do o go­ver­no de tran­si­ção. De­pois da con­ver­sa, a no­va mi­nis­tra dis­se que seu pro­pó­si­to prin­ci­pal é a de­fe­sa da pro­pri­e­da­de dos pro­du­to­res ru­rais, que se sen­tem ame­a­ça­dos pe­las in­va­sões de ter­ras tan­to por par­te do MST, co­mo por co­mu­ni­da­des in­dí­ge­nas. Na Câ­ma­ra des­de 2014, Te­re­za Cris­ti­na des­ta­cou-se na de­fe­sa do se­tor agro­pe­cuá­rio. Em seus pro­nun­ci­a­men­tos, foi crí­ti­ca, por exem­plo, da ele­va­da ta­xa de ju­ros pa­ra os agri­cul­to­res. “Te­mos que bai­xar os ju­ros. Pre­ci­sa­mos achar um jei­to de ter mais cré­di­to com­pa­tí­vel com nos­sa ati­vi­da­de”, dis­se.

Des­de o mo­men­to em que o pre­si­den­te elei­to ad­mi­tiu a pos­si­bi­li­da­de de fu­são do Mi­nis­té­rio da Agri­cul­tu­ra com o Mi­nis­té­rio do Meio Am­bi­en­te, a de­pu­ta­da mos­trou-se pre­o­cu­pa­da com a união das du­as pas­tas. “Não vou di­zer se sou a fa­vor ou con­tra, mas nos dei­xa sim uma pre­o­cu­pa­ção de tra­zer pa­ra den­tro da Agri­cul­tu­ra um mi­nis­té­rio des­se ta­ma­nho e com­ple­xi­da­de”, dis­se ela. A pres­são da ban­ca­da ru­ra­lis­ta for­çou Bol­so­na­ro a re­cu­ar na idéia de in­cor­po­ra­ção dos mi­nis­té­ri­os. As mu­lhe­res, fi­nal­men­te, co­me­çam a dar as ca­ras no no­vo go­ver­no.

BAN­CA­DA DE PE­SO A de­pu­ta­da Te­re­za Cris­ti­na (DEM-MS) te­ve a chan­ce­la de 30 in­te­gran­tes da Fren­te Agro­pe­cuá­ria

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.