Jo­vens do País es­tão en­tre os mais oci­o­sos

ISTO É - - SEMANA -

É de 23% o ín­di­ce de jo­vens bra­si­lei­ros, en­tre 15 e 24 anos, que não tra­ba­lham nem es­tu­dam. Es­sa ta­xa é mais al­ta do que a mé­dia da Amé­ri­ca La­ri­na e Ca­ri­be, se­gun­do pesquisa di­vul­ga­da na quar­ta-fei­ra 5 pelo Ins­ti­tu­to de Pesquisa Econô­mi­ca Apli­ca­da (Ipea). A mes­ma pesquisa apon­tou que o Bra­sil pos­sui o mai­or ín­di­ce de in­di­ví­du­os, nes­sa fai­xa etá­ria, que são com­ple­ta­men­te oci­o­sos - nem em ca­sa aju­dam os pais. Tam­bém va­mos mal na fa­tia do le­van­ta­men­to do Ipea fo­ca­da nos as­pec­tos cog­ni­ti­vos da ju­ven­tu­de. So­men­te

46% de­ram res­pos­tas cor­re­tas em tes­tes de ma­te­má­ti­ca. Per­de­mos pa­ra El Sal­va­dor, Mé­xi­co, Pa­ra­guai, Hai­ti, Chi­le e Colôm­bia.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.