ISTO É Dinheiro

OS ES­TRA­NHOS CRI­TÉ­RI­OS DO JU­DI­CIÁ­RIO

- Politics · Supreme Federal Court · Lula da Silva · Luiz Fux

Um dos te­mas mais im­por­tan­tes e es­pe­ra­dos pa­ra ser apre­ci­a­do pe­lo ple­ná­rio do Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral (STF) des­te ano fi­cou fo­ra da pau­ta. A omis­são cha­mou a aten­ção de ju­ris­tas. Pa­ra o cri­mi­na­lis­ta Re­na­to Vi­ei­ra, só­cio do es­cri­tó­rio Keh­di & Vi­ei­ra Ad­vo­ga­dos, o que cau­sa es­tra­nhe­za é o fa­to de o te­ma de juiz de ga­ran­ti­as (cu­ja efi­cá­cia foi sus­pen­sa por de­ci­são li­mi­nar do mi­nis­tro Luiz Fux em ja­nei­ro de 2020) não ter en­tra­do no car­dá­pio de dis­cus­sões. “Vi­ve­mos sob vo­lun­ta­ris­mos de pre­si­den­tes da vez do STF pa­ra es­co­lher o que es­tá den­tro ou fo­ra da pau­ta. Te­mas fun­da­men­tais, co­mo é o do juiz de ga­ran­ti­as, fi­cam de fo­ra.” Pa­ra Vi­ei­ra, a sus­pen­são li­mi­nar do juiz de ga­ran­ti­as não é uma for­ma­ta­ção de­mo­crá­ti­ca e trans­pa­ren­te. Es­se não é ca­so úni­co. Acon­te­ceu tam­bém no pas­sa­do, por exem­plo, com o ca­so en­vol­ven­do o ex-pre­si­den­te Lu­la, que por de­ci­são da en­tão pre­si­den­te do STF, mi­nis­tra Car­men Lú­cia, foi jul­ga­do an­tes das Ações de Cons­ti­tu­ci­o­na­li­da­de.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil