Va­re­jo com­ple­ta 4 me­ses se­gui­dos de que­da

Jornal Brasil Peças - - Primeira Página -

Api­o­ra no em­pre­go e na ren­da man­te­ve os con­su­mi­do­res afas­ta­dos das com­pras e co­mo con­sequên­cia, o va­re­jo vol­tou a re­gis­trar per­das na pas­sa­gem de se­tem­bro pa­ra ou­tu­bro, da­ta do úl­ti­mo le­van­ta­men­to pu­bli­ca­do. O vo­lu­me ven­di­do re­cu­ou 0,8%, o quar­to re­sul­ta­do ne­ga­ti­vo con­se­cu­ti­vo, se­gun­do os da­dos da Pes­qui­sa Men­sal de Co­mér­cio, di­vul­ga­da on­tem pe­lo Ins­ti­tu­to Bra­si­lei­ro de Ge­o­gra­fia e Es­ta­tís­ti­ca (IBGE).

O mau de­sem­pe­nho con­fir­ma as ex­pec­ta­ti­vas de uma no­va re­tra­ção no PIB bra­si­lei­ro no quar­to tri­mes­tre do ano, di­zem ana­lis­tas. Di­an­te de um ce­ná­rio mais com­pli­ca­do que o pre­vis­to an­te­ri­or­men­te, a re­cu­pe­ra­ção do co­mér­cio po­de ter iní­cio ape­nas no se­gun­do se­mes­tre de 2017, aler­tou a Con­fe­de­ra­ção Na­ci­o­nal do Co­mér­cio de Bens, Ser­vi­ços e Tu­ris­mo (CNC).

“Ain­da é ce­do pa­ra di­zer. O mer­ca­do de tra­ba­lho ain­da vai mos­trar si­nais de fra­gi­li­da­de. A ten­dên­cia é es­tan­car es­sa san­gria de de­mis­sões no se­gun­do se­mes­tre e co­me­çar a se es­ta­bi­li­zar. Daí o co­mér­cio po­de co­me­çar a mos­trar si­nais mais po­si­ti­vos, uma le­ve me­lho­ra”, ex­pli­cou o eco­no­mis­ta Bru­no Fer­nan­des, da CNC.

Só a re­to­ma­da da con­fi­an­ça de­ve im­pul­si­o­nar o con­su­mo, o que de­ve acon­te­cer ape­nas quan­do hou­ver dis­si­pa­ção nas in­cer­te­zas po­lí­ti­cas, na ava­li­a­ção da eco­no­mia Jes­si­ca Stras-brug, da CM Ca­pi­tal Mar­kets.

“A cri­se po­lí­ti­ca de­te­ri­o­ra a con­fi­an­ça. Pa­ra es­se fim de ano, não ve­jo me­lho­ra”, dis­se Jes­si­ca. “Pre­ços (mais bai­xos) aju­dam, mas não é o que irá de­ter­mi­nar. É pre­ci­so em­pre­go e con­fi­an­ça tam­bém”, com­ple­tou.

Em ou­tu­bro, os pre­juí­zos fi­ca­ram mais con­cen­tra­dos nas ati­vi­da­des de su­per­mer­ca­dos e com­bus­tí­veis, afe­ta­dos por re­a­jus­tes de pre­ços ele­va­dos. De acor­do com o Ín­di­ce Na­ci­o­nal de Pre­ços ao Con­su­mi­dor Am­plo (IPCA), a in­fla­ção acu­mu­la­da em 12 me­ses en­cer­rou ou­tu­bro em 7,9%, en­quan­to os au­men­tos acu­mu­la­dos pela ali­men­ta­ção no do­mi­cí­lio al­can­ça­ram 14,8%. Os com­bus­tí­veis fi­ca­ram 7,0% mais ca­ros no pe­río­do.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.