NIN­GUÉM É CUL­PA­DO?

Sur­gi­men­to de cra­te­ra em Ve­ra Cruz con­ti­nua sem ex­pli­ca­ção; em­pre­sa po­de ter li­cen­ça sus­pen­sa pe­lo Ine­ma

Jornal da Metrópole - - Bahia - Tex­to Ma­ri­na Hor­té­lio ma­ri­na.hor­te­[email protected]­tro1.com.br

A pre­fei­tu­ra de Ve­ra Cruz afir­ma que a Dow Quí­mi­ca de­ve re­cu­pe­rar a área afe­ta­da pe­la cra­te­ra, que con­ti­nua a cres­cer. En­quan­to nin­guém é res­pon­sa­bi­li­za­do pe­lo bu­ra­co, não se sa­be di­zer o que cau­sou a for­ma­ção do mes­mo.

A di­re­to­ra de fis­ca­li­za­ção e li­cen­ci­a­men­to am­bi­en­tal da pre­fei­tu­ra, Pris­ci­la Vel­lo­so, afir­ma que a Dow Quí­mi­ca não foi au­tu­a­da. “Não foi com­pro­va­do que [a cra­te­ra] es­tá di­re­ta­men­te li­ga­da a ex­tra­ção do sal-ge­ma”, ex­pli­cou ao Jor­nal da Me­tró­po­le. Ela res­sal­tou que ape­nas o Ins­ti­tu­to do Meio Am­bi­en­te e Re­cur­sos Hí­dri­cos (Ine­ma) po­de sus­pen­der a li­cen­ça da Dow e apli­car mul­ta.

O ór­gão apon­tou que uma pu­ni­ção só po­de apli­ca­da com o re­ce­bi­men­to do re­la­tó­rio da mi­ne­ra­do­ra so­bre o ca­so.

De acor­do com Vel­lo­so, a Dow de­ve re­cu­pe­rar a área afe­ta­da pe­la cra­te­ra. “A em­pre­sa vai apre­sen­tar um pro­je­to para a re­cu­pe­ra­ção. Por acon­te­cer den­tro da área de­la, a Dow é res­pon­sa­bi­li­za­da”.

“Por acon­te­cer den­tr da área de­la, Dow é res­pon­sa­bi­li­za­da”

– Pris­ci­la Vel­lo­so, di­re­to­ra da pre­fei­tu­ra de Ve­ra Cruz

Dow qui­mi­ca/di­vul­ga­cao

Pre­fei­tu­ra de Ve­ra Cruz ain­da não con­cluiu es­tu­dos para de­ter­mi­nar a cau­sa do pro­ble­ma

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.